Cidades

Paciente com coronavírus permanece em estado grave e continua sedada

A mulher, de 52 anos, está internada na UTI do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Segundo o boletim médico da Secretaria de Saúde, ela apresenta síndrome respiratória aguda severa e está afebril

Darcianne Diogo
postado em 14/03/2020 13:50

Paciente está internada no HranA primeira pessoa diagnosticada com coronavírus no Distrito Federal continua em estado grave, segundo informou o boletim médico divulgado pela Secretaria de Saúde neste sábado (14/3). A mulher, de 52 anos, permanece internada em isolamento na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e está sedada.


De acordo com o boletim, ela apresenta síndrome respiratória aguda severa e está afebril. Além disso, a paciente tem doenças que agravam o quadro clínico. ;A paciente está sob cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e recebe todo suporte técnico-científico;, informou a secretaria. Nesta sexta-feira (13/3), o quadro clínico dela era o mesmo. Contudo, a mulher apresentou dois episódios febris, o que agravou o estado geral.

Cinco casos confirmados

O Distrito Federal registrou cinco casos confirmados de coronavírus. A Secretaria de Saúde confirmou neste sábado que um argentino de 51 anos, funcionário do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem Covid-19. Ele esteve na Inglaterra, desembarcou em Brasília no último domingo (8/3) com sintomas da doença e foi atendido no Hospital Sírio Libanês. Lá, o paciente fez o teste para detectar se estava infectado pelo Covid-19 e o resultado deu positivo.
O outro paciente é um brasiliense de 46 anos, que trabalha na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele chegou da França em 7 de março e foi atendido no Hospital São Mateus, no Cruzeiro Velho, e colocado em isolamento domiciliar.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação