Cidades

Visitas suspensas e prevenção

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 15/03/2020 04:17

Asilos e locais que prestam atendimento ao público idoso têm buscado promover um ambiente seguro aos acolhidos, além de seguir as recomendações da Secretaria de Saúde. Visitas de familiares e voluntários estão temporariamente suspensas em alguns deles. A coordenadora administrativa do Lar São José da Casa do Candango, Danielle Rodrigues, explica que, além da alteração no vaivém de familiares, há cautela até para o recebimento de doações. ;Evitamos ao máximo o contato com as pessoas de fora. Qualquer contribuição voluntária é bem-vinda, mas decidimos não deixar ninguém entrar por enquanto;, conta Danielle.

No Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes, em Sobradinho, os procedimentos de higiene se intensificaram. Os moradores usam constantemente o álcool em gel e lavam as mãos sempre que possível. Além disso, quem apresentar qualquer sintoma respiratório, usa máscara. ;Estamos evitando visitas de grupos, de pessoas que viajaram para o exterior e de quem não costuma frequentar (o lar), bem como toques, abraços e beijos. Com certeza estamos mais atentos a isso tudo;, ressalta a coordenadora e psicóloga do espaço, Priscila Fernandes.

A precaução não se restringe a instituições vinculadas à Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). O terapeuta ocupacional Messias Rodrigues, do Centro Terapêutico Integrado Longeviver, percebeu uma queda expressiva no número de pacientes da instituição na quinta-feira, um dia após sair o decreto do GDF. ;Houve uma redução drástica. Muitos desmarcaram consultas com medo da doença;, diz. Em atenção à pandemia, a clínica enviou mensagens a pacientes e funcionários com a recomendação de que evitem a clínica caso apresentem algum sintoma ou tenham tido contato com suspeitos de contrair a Covid-19.

Nas duas unidades do Grupo Altevita, a precaução foi redobrada. A diretora clínica, Mariana Ruback, ofereceu treinamentos sobre higiene e cuidados com o ambiente para toda a equipe. ;Pedimos para que os funcionários deixem a porta dos quartos abertas e também restringimos as visitas de pessoas com qualquer sintoma.; Para entrar nas unidades é necessário passar por avaliação: ;Medimos a temperatura das pessoas e vemos se há algum sintoma de gripe. Temos um público com saúde bastante debilitada, todo o cuidado é pouco;, destaca a médica.

Informes

Para seguir à risca as orientações sobre como manter uma vida sadia, hábitos saudáveis fazem parte da rotina da empresária Algecira Amaral, 73. Todos os dias, ela come hortaliças e legumes cultivados em uma horta caseira e se exercita em casa, com esteira e bicicleta ergométrica. A rotina começa por volta das 5h30. São 2,8km de caminhada e 20 minutos de pedal. ;Minha preocupação com a saúde é muito grande. Busco fortalecê-la sempre;, afirma a moradora do Lago Norte.

Os hábitos de higiene não ficam de fora: ;Estou sempre lavando as mãos e usando álcool em gel;. A recomendação vale para amigos e colegas de trabalho também. Os funcionários da loja de materiais de construção da qual ela é sócia, em Taguatinga, estão cientes das medidas para evitar a propagação do vírus. ;Mandamos imprimir vários avisos com informações para serem espalhados por toda a loja. Como a rotatividade lá é grande, temos de nos cuidar;, reconhece Algecira.


Determinações
O governador Ibaneis Rocha (MDB) publicou novo decreto ontem que prevê a suspensão das aulas de todas as escolas, universidades e faculdades do DF por mais 15 dias, a contar de amanhã, além de eventos que precisem de alvará e reúnam mais de 100 pessoas. A medida incluiu ainda a recomendação de que restaurantes e bares observassem a distância mínima de dois metros entre as mesas. Também há a recomendação de que, em eventos abertos, os participantes mantenham distância mínima de um metro entre si.


Recomendações

  • Ao perceber sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar, procure atendimento médico;
  • Mantenha distância de, pelo menos, um metro de pessoas que estão doentes;
  • Atenção a crianças e pessoas que estão tossindo, mas não apresentam indícios de covid-19, pois é possível que elas transmitam o coronavírus mesmo sem sintomas;
  • Tenha uma rotina regular de limpeza das mãos com produtos de higiene à base de álcool, além de água e sabão ; especialmente antes de comer e após ir ao banheiro ou cumprimentar pessoas;
  • Sempre que tossir ou espirrar, use a parte interna do cotovelo dobrada sobre a boca para cobri-la;
  • Evite tocar regiões como olhos, nariz e boca;
  • Caso se sinta mal, mantenha-se em casa. Procure a unidade de saúde apenas de se apresentar sintomas graves (febre, tosse etc)
  • Use máscaras se estiver com sintomas relacionados ao coronavírus ou cuidando de alguém que esteja com a doença. O item só pode ser usado uma vez;
  • Fumar, usar mais de uma máscara ao mesmo tempo e se automedicar não é indicado.

Fonte: OMS




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação