Cidades

Coronavírus: não há transmissão comunitária no DF, corrige ministério

Durante divulgação do balanço desta segunda-feira (16/3) sobre Covid-19, Ministério da Saúde informou que havia transmissão comunitário do DF - quando não se sabe a origem da infecção - mas corrigiu a informação em seguida

Maria Eduarda Cardim
postado em 16/03/2020 16:54

Primeira paciente a ser diagnosticada com a doença no DF está internada no HranO Ministério da Saúde corrigiu a informação de que haveria transmissão comunitária do novo coronavírus no Distrito Federal. Divulgado em entrevista coletiva feita pela pasta para atualizar a situação nacional dos casos de Covid-19, o dado estava incorreto. O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, foi até o ministério quando soube da divulgação para corrigi-la.

"Fizemos todas as investigações desses cinco casos que foram tratados como casos comunitários e eles são importados. Portanto não temos transmissão comunitária no DF", disse Okumoto.

O DF tem 14 casos confirmados, no total, mas todos importados, ou seja, de moradores que viajaram para fora do país. A Secretaria de Saúde aguarda contraprovas em outros casos ainda não contabilizados oficialmente, mas também garante saber a origem da infecção.


Até este domingo (15/3), somente São Paulo e Rio de Janeiro registraram transmissão comunitária, que acontece quando não é possível mais identificar o vínculo epidemiológico de algum caso. Ou seja, quando não é possível identificar a origem de um caso confirmado. De acordo com dados da pasta, Rio de Janeiro tem oito e São Paulo tem 13.
[SAIBAMAIS]A maioria dos casos, 128, ainda é importada. Ou seja, são de pacientes que vieram de outro país. Há também alguns casos de transmissão local nos seguintes estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul. No total, são 80 casos de transmissão local no Brasil.

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil continua a crescer de acordo com o novo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde. O novo documento aponta que 234 casos já foram confirmados dentro do país e 2.064 são investigados como suspeitos. Ao todo, 15 estados e o Distrito Federal têm casos confirmados.
Matéria atualizada às 17h44 para retificar a informação inicialmente divulgada pelo Ministério da Saúde de que havia casos de transmissão comunitária no DF

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação