Cidades

Brasília inaugura novo Autódromo hoje

Correio Braziliense , José Natal
postado em 18/03/2020 06:00

Esta matéria foi publicada originalmente na edição de 3 de fevereiro de 1974 do Correio. Sua republicação faz parte do projeto Brasília Sexagenária, que até 21 de abril de 2020 trará, diariamente, reportagens e fotos marcantes da história da capital. Acompanhe a série no site especial e no nosso Instagram.

Os portões do Autódromo de Brasília serão abertos ao público às 7:30 horas da manhã de hoje. Às 11:30 horas será dada a largada oficial para a realização do ;Grande Prêmio Presidente Médici", de Fórmula 1, reunindo doze dos melhores pilotos de todo o mundo.

O programa oficial, para a inauguração, está assim esquematizado: às 7:30 horas, abertura dos portões; das 8:30 às 9:30 horas, haverá um treino de reconhecimento de pista, com a participação de todos os pilotos; das 9:40 às 10:30 horas, demonstração da Esquadrilha da Fumaça pela Força Aérea Brasileira; das 10:30 às 10:40 horas, entrega de ;Medalha da Solidariedade Humana; ao piloto inglês David Purley.

Às 11:15 horas será executado o hino nacional, antecedendo à autorização da largada, que será dada pelo Presidente da República, às 11:30 horas.

Como assistir

Para ver o 1; GP em Brasília o público poderá se utilizar de diversas formas de ingresso ao autódromo. Durante 15 dias, cerca de 140 mil ingressos foram vendidos, além de cadeiras, convites e credenciais especiais para autoridades e imprensa.

Leia mais: Brasília vibrou com a vitória do brasileiro

Pelos cálculos iniciais, a lotação do autódromo na manhã de hoje deverá superar a casa dos 150 mil espectadores. O trânsito para orientação especial, com o Detran recomendando aos usuários que evitem a velocidade e procurem chegar cedo ao local para evitar aborrecimentos.

Limpeza

Nas imediações do Autódromo foram montados barracas com rapazes e moças acampados. Devido às chuvas, o Serviço de Limpeza Urbana teve que trabalhar durante todo o dia, evitando o acúmulo de lama e barro nas vias que ligam ao autódromo. Segundo informações do SLU, as pessoas que desejarem armar barracas devem procurar as áreas de maior elevação, para evitar problemas e invasão pelas águas dos esgotos.

Hotéis

O comando central do ;Grande Prêmio; está localizado no Eron Palace Hotel, que também abriga hoje centenas de turistas da América do Sul, que vieram a Brasília ver a prova. Também os demais hotéis de Brasília estão lotados, causando com isso um movimento além do normal, em todos eles. Além dos pilotos e seus familiares, amigos e admiradores dos representantes estrangeiros estão em Brasília, com o intuito de comparecer à inauguração e incentivar seus ídolos. Pela cotação geral, Emerson Fittipaldi, Carlos Reutemann e José Carlos Pace são os favoritos do público. Também Jean Pierre Beltoise e Wilson Fittipaldi estão cotados para os primeiros postos.


Segurança terá 1.200 homens no autódromo

A Secretaria de Segurança Pública montou um esquema de segurança, composto de 1.200 homens da Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros e Companhia de Rádio Patrulhas, para salvaguardar a ordem e realizar possíveis socorros no Autódromo de Brasília, durante as provas que serão realizadas na manhã de hoje. A Companhia de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal, responsável pela organização do intenso trânsito que aflui ao Autódromo, colocou 500 homens sob a responsabilidade do Capitão Bichara, tornando possível a entrada e saída de veículos àquele local.

Segurança
A segurança interna do Autódromo de Brasília está a cargo da Polícia Civil, Militar e da Companhia de Rádio Patrulha. Os 1.200 homens trabalharão em equipes, ordenadamente distribuídas, supervisionando todos os pontos do autódromo, evitando possíveis distúrbios. A segurança externa também será realizada pelos homens indicados pela SEP, mas estará quase que totalmente sob a responsabilidade da Companhia de Trânsito. As viaturas do Corpo de Bombeiros permanecerão em pontos chaves, prontos para entrar em ação, caso haja necessidade de socorro aos pilotos. Também os Opalas da Comapnhia de Rádio Patrulha estarão de prontidão dentro e fora do autódromo.

Difícil acesso
Devido a pavimentação do autódromo de Brasília não estar concluída, na sua parte externa, o mesmo conta com apenas uma entrada de veículos, dificultando assim o trânsito. Ainda ontem, apesar de haver 500 soldados da Cia. de trânsito distribuídos na parte externa do autódromo, devido ao mau tempo, registrou-se um congestionamento na entrada, pois foi grande o número de pessoas que acorreram ao local para assistir aos treinos. O diretor do Detran, Coronel Gilberto Pessanha, e o Major Blazo estiveram presentes, auxiliando seus subordinados no que se refere ao controle do trânsito. Afirmaram as autoridades que se nos treinos o trânsito na entrada do autódromo foi difícil, hoje o problema será muito maior, mas esperam que tudo seja coordenado a contento, facilitando ao máximo a entrada do grande público que irá ver a grande prova automobilística.


Público deve chegar cedo para a corrida

Várias dificuldades estão previstas para os que hoje forem ao autódromo e todos devem chegar o mais cedo possível, pois o principal problema será o tráfego. Há poucas palcas de sinalização indicando todos os setores do autódromo e as primeiras dificuldades foram sentidas pelos que presenciaram o treino oficial de ontem (muitos resolveram voltar devido ao longo congestionamento).

O próprio diretor do Departamento de Trânsito, Gilberto Pessanha, em sua companhia do seu assessor Thais Blazo, auxiliava os guardas a disciplinar o tráfego, onde o congestionamento era observado em diversos pontos, principalmente em frente ao Ginásio.

Humor
Houve até quem comentou que ;o melhor é a gente montar uma cabana aqui por perto para dormir, pois chegar ao autódromo momentos antes da corrida será tarefa árdua;. Usando o bom-humor, um rapaz alto, loiro, mostrou ao repórter diversas tendas já armadas principalmente por gente procedente de outras cidades e que veio a Brasília com uma única finalidade: ver a corrida de hoje.

As tendas, idênticas às utilizadas nas áreas de ;camping;, chamavam a atenção devido às cores das lonas e a maioria situava-se em frente ao Ginásio. O mau tempo reinante na manhã de ontem fez com que reduzido público fosse presenciar o treino. COntudo, embora fossem muitos os guardas da Companhia de Trânsito da Polícia Militar controlando o tráfego de Veículo, os engarrafamentos foram inevitáveis nas vias de acesso ao autódromo.

Arrombamentos

Afixados nos vidros frontais dos carros, os plásticos com a frase ;Auto Serviço; eram os mais procurados na manhã de ontem em todos os estacionamentos ao longo do Centro Desportivo. É que esses plásticos permitem ao proprietário do veículo circular por toda a área do autódromo e, por isso, elementos estranhos tentavam furtar esses adesivos. COntudo, a presença dos guardas impediu a ação dos ;gatunos;, que queriam, também, se apoderar de outros plásticos que fazem propaganda de óleos, gasolina, fábricas de automóveis e cigarros.

Lama
A chuva que caiu na manhã de ontem serviu para transformar num lamaçal as imediações do autódromo e, por isso, os garis do Departamento de Limpeza Urbana foram muito empregados até o fim da tarde. O mau tempo reinante atrapalhou os operários que davam os últimos retoques, colocando grama atrás das arquibancadas e em outros pontos.

Se chover hoje os problemas serão muitos para os que ficarão na geral (gramado). É que a grama ainda não se encontra no seu melhor ponto, havendo muito adubo e barro, e não faltará lama. Assim, recomenda-se que se leve algo que possibilite sentar no gramado, sem que a roupa limpa fique suja.

Sol
Caso faça sol num dia de muito calor, leve chapéus, principalmente os de palha e óculos escuros. No autódromo, procure consumir refrigerantes, sorvetes e picolés, combatendo uma possível desidratação. Sentindo-se mal, procure um dos postos médicos instalados, inclusive entre as arquibancadas e gerais. As autoridades recomendam que não se leve cachorros ou outros animais domésticos ao autódromo, porque eles, fugindo dos seus donos podem invadir as pistas, causando acidentes.

Fórmula 1 traz mais turistas a Brasília

A corrida de hoje trouxe para Brasília um grande número de pessoas. Nas ruas, a todo instante, são vistos carros com placas de outros estados. De Pernambuco e Paraíba foram vistas várias Kombis, rondando pela W/3 e Eixo Monumental. Pelo visto, vieram em caravana para torcer para o Emerson. Outros carros, principalmente de Goiânia e Anápolis, também estão na capital da República. Os turistas aproveitaram o dia de ontem para dar um giro pela cidade e conhecer os pontos turísticos.

Na Estação Rodoviária e Aeroporto, apesar do movimento ser o mesmo, a maioria dos passageiros que desembarcaram vieram para ver a corrida. De São Paulo, Rio e Belo Horizonte, além de Goiânia, veio a maior parte das pessoas, conforme pôde ser comprovado nos hotéis.

Para hoje de manhã ainda é esperado um grande número de pessoas, que deixaram para viajar na última hora. De Goiânia, Anápolis, Uberlândia e outras cidades vizinhas devem chegar mais pessoas.

Dois toques


Hoje uma obra de vulto em Brasília

Comece seu trajeto do Aeroporto de Brasília. Passe pela ponte do lago, suba pelo Eixo Rodoviário Sul, passa em frente ao Espaço Cultural, dê uma volta e depois procure a pista que o levará até o autódromo.

Ela fica próximo ao Ginásio de Brasília. Todas essas obras citadas foram inauguradas em Brasília. Todas essas obras citadas foram inauguradas em Brasília pelo autal Governo, dando à cidade um ;status; de incontestável realidade. Ao chegar ao autódromo tome conhecimento de você está dentro de uma das obras mais importantes da América do Sul, talvez do mundo. Nela você terá o que há de melhor no gênero, sem a perfeição, é claro. Quando você deixar Brasília, a passeio ou de vez, conte aos outros o que há em sua cidade. Conte aos outros que por aqui há um autódromo excelente.


Homenagens
Não existe nada mais difícil do que citar nomes de pessoas para algo relacionado com homenagens. Entretanto, para se fazer este autódromo, várias pessoas de Brasília deram muito mais do que a simples presença como autoridade. Muitos até demonstraram um esforço além do natural para entregar a obra. Dias atrás destaquei as atividades do autor do projeto, Samuel Dias. Hoje, por uma questão de justiça, crédito ao sr. Cláudio Starling, diretor do DER, e toda a sua equipe, um mérito muito grande pela entrega da obra.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação