Publicidade

Correio Braziliense

Primeira paciente com coronavírus do DF segue em UTI em estado grave

A mulher, de 52 anos, respira com a ajuda de aparelhos, está em coma induzido, mas teve leve melhora


postado em 19/03/2020 18:31

A paciente do primeiro caso positivo de coronavírus no Distrito Federal está desde o dia em que chegou ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em 5 de março, internada em isolamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A mulher, de 52 anos, que voltou a Brasília após uma viagem ao Reino Unido e à Suíça, em 26 de fevereiro, apresenta comorbidades (a associação de outras doenças), o que tem agravado o quadro clínico dela. 

De acordo com o último boletim médico, a paciente respira com o auxílio de aparelhos devido à síndrome respiratória aguda grave, com função renal preservada. Ela está sedada e em coma induzido. Apesar de não ter febre, o estado é considerado um caso grave, mas estável.

Ainda segundo o documento divulgado pela Secretaria de Saúde, a mulher teve melhora do quadro ventilatório e hemodinâmico. A paciente está sob cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e tem todo o suporte técnico-científico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade