Cidades

Transmissão comunitária no Entorno

Valparaíso de Goiás registra o primeiro caso de paciente com a Covid-19 no qual não é possível saber a origem da infecção. É a segunda pessoa contaminada com o coronavírus na cidade vizinha ao Distrito Federal. Ambas estão em isolamento domiciliar

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 26/03/2020 04:17
Além das duas mulheres confirmadas com o coronavírus, outros 19 casos estão sob investigação na cidade goiana

A cidade de Valparaíso de Goiás, distante cerca de 35km de Brasília, registrou o primeiro caso de transmissão comunitária ; quando a pessoa diagnosticada com a Covid-19 não sabe informar onde contraiu a doença e os órgãos não conseguem traçar a origem (leia Transmissões) ; do novo coronavírus, conforme informou a prefeitura da cidade do Entorno, ontem. Trata-se de uma mulher, de 38 anos, moradora do município goiano e que trabalha no Distrito Federal. Ela teria mantido contato com uma pessoa infectada na capital (transmissão local), segundo o órgão.

Valparaíso tem duas pessoas infectadas pelo vírus, 19 casos suspeitos e nove descartados, segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás. Goiânia apresenta o maior número de pacientes que testaram positivo para o coronavírus. Em todo Goiás, há ainda 1.336 pessoas suspeitas e 220 casos descartados. Não há registro de óbitos.

A outra paciente diagnosticada com coronavírus em Valparaíso é uma mulher de 36 anos, que teria contraído o vírus em uma viagem internacional, segundo o governo estadual. As duas encontram-se em isolamento domiciliar, com bom estado geral e apresentando sintomas leves da doença ; febre, tosse e coriza. A Secretaria de Saúde do estado informou que tem acompanhado e monitorado os dois casos. ;Entramos em contato com as pessoas que estiveram com as pacientes que testaram positivo para a Covid-19. Todos estão em quarentena, monitorados por SMS;, esclareceu a pasta, em nota oficial.

O órgão ressaltou ainda que, como parte da estratégia de monitoramento dos casos confirmados ou em investigação, disponibilizou médicos exclusivos para dar suporte à Vigilância em Saúde em meio à pandemia e reforçou as medidas de prevenção no combate à doença. ;Pedimos calma a toda população e reforçamos o apelo de isolamento social. ;Fiquem em casa;;.

Contágio no DF
Na última sexta-feira, o Ministério da Saúde declarou o reconhecimento da transmissão comunitária do coronavírus em todo o país. Contudo, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, que vinha divulgando o tipo de contágio da doença, parou de apresentar os dados. De acordo com a pasta, apenas os casos confirmados passaram a ser contados. Por isso, não se sabe dizer se a forma de infecção também evoluiu na capital.

Questionado sobre a notificação de transmissão comunitária em Valparaíso de Goiás, em que a paciente adveio da capital, a pasta esclareceu que ;não tem como se manifestar sobre as informações da Secretaria de Saúde de outro estado;.




Transmissões
Há três tipos de transmissões pelo novo coronavírus:

; Importada: acontece quando um viajante retorna ao país e percebe-se que ele contraiu a doença durante uma viagem.

; Local: quando uma pessoa tem contato com alguém infectado e contrai a doença na mesma cidade, sem viajar. Por exemplo, uma pessoa que apresentou a enfermidade após entrar em contato com algum diagnosticado.

; Comunitária: é quando os órgãos de saúde e o paciente não conseguem identificar onde aconteceu o contágio.


Pessoas infectadas pelo coronavírus em Goiás e em Minas Gerais

Minas Gerais ; 133

Goiás ; 27


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação