Publicidade

Correio Braziliense

Vítima de Covid-19 que morreu em Goiás esteve em Brasília há 10 dias

Moradora de Luziânia, idosa de 66 anos morreu na madrugada desta quinta-feira (26/3), em Goiânia. É a primeira morte registrada em Goiás


postado em 26/03/2020 11:29 / atualizado em 26/03/2020 12:18

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
A idosa de 66 anos, primeira vítima confirmada de Covid-19 no Entorno do Distrito Federal, esteve em Brasília há 10 dias, antes de apresentar os primeiros sintomas gripais. 

Segundo Governo de Goiás, ela foi diagnosticada com coronavírus, nesta quarta-feira (25/3), por meio de exame laboratorial e transferida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) para o Hospital de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), em Goiânia, onde morreu, na madrugada desta quinta-feira (26/3), apesar das tentativas de reanimação. 

Segundo a Secretaria de Saúde de Goiás, a senhora apresentava comorbidades como hipertensão arterial, diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), além de histórico recente de dengue.

Em nota, a pasta afirmou que o Governo do estado “monitora sistematicamente suspeitas de novos casos de Covid-19, seguindo rigorosamente as orientações do Ministério da Saúde para a identificação de novos registros”.


No Twitter, na manhã desta quinta-feira (26/3), o governador goiano, Ronaldo Caiado (DEM), confirmou e lamentou a morte. “Dia triste. Goiás registrou 1ª  morte por coronavírus. Senhora de Luziânia, de 66 anos, hipertensa, com diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica, teve dengue recentemente. Não resistiu. Meus pêsames e todo apoio e solidariedade à família. Que Deus conforte o coração de todos”, disse o chefe do Executivo local.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade