Publicidade

Correio Braziliense

Coronavírus: paciente internada no Hran continua em estado gravíssimo

A primeira paciente com a Covid-19 no Distrito Federal, uma mulher de 52 anos, está internada desde 6 de março na unidade de saúde


postado em 26/03/2020 14:44

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A primeira paciente diagnosticada com coronavírus no Distrito Federal continua em estado gravíssimo. A mulher de 52 anos está internada na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Boletim médico dessa quarta-feira (25/3) mostra que ela está em coma induzido, respirando por aparelhos e com piora do quadro clínico. 

De acordo com a Secretaria de Saúde, ela apresenta síndrome respiratória aguda severa e comorbidades (quando duas doenças atingem uma pessoa), que agravam o quadro clínico. Ela está sob cuidados de equipe multidisciplinar e de suporte técnico-científico. 

O boletim desta quarta foi divulgado apenas nesta quinta-feira (26/3) pela Secretaria de Saúde. Ainda não há atualizações mais recentes sobre o quadro clínico da paciente. Ela está internada no Hran desde 6 de março, um dia após receber o diagnóstico da doença, no Hospital Daher, no Lago Sul. 

A mulher apresentou sintomas da Covid-19 após chegar de uma viagem à Suíça e ao Reino Unido, em 26 de fevereiro. Ela deu entrada no Hospital Daher, em 4 de março e recebeu o diagnóstico no dia seguinte. Em seguida, a Secretaria de Saúde decidiu pela transferência dela ao Hran, unidade referência no combate à doença. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade