Cidades

Coronavírus: paciente do Hran apresenta discreta melhora no quadro clínico

A mulher de 52 anos foi o primeiro caso diagnosticado no DF com a doença. Ela está em estado gravíssimo, em coma induzido e respirando por aparelhos

Thais Umbelino
postado em 28/03/2020 21:41
 (foto: Thais Umbelino/CB/D.A Press
)
(foto: Thais Umbelino/CB/D.A Press )
A mulher foi internada na UTI do Hran em 6 de marçoA primeira paciente diagnosticada com coronavírus no Distrito Federal apresentou discreta melhora do quadro de saúde, além de ausência de febre. A informação foi divulgada em boletim médico pela Secretaria de Saúde, neste sábado, às 18h.

A mulher de 52 anos segue internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em estado gravíssimo, em coma induzido e respirando por aparelhos. Ela apresenta síndrome respiratória aguda severa e tem comorbidades (quando duas doenças atingem uma pessoa) que agravam o quadro clínico.

A moradora do Lago Sul recebeu o diagnóstico da doença em 5 de março, no Hospital Daher. Em 6/3 ela foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva do Hran, referência no combate à Covid-19. No local, ela recebe cuidados intensivos da equipe multidisciplinar e suporte técnico-científico.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação