Publicidade

Correio Braziliense

Coronavírus: DF tem 3 mortes e 333 casos confirmados; 30 estão na UTI

Do total de infectados, 43 pacientes foram contaminados por transmissão comunitária, quando não se sabe a origem da doença


postado em 31/03/2020 18:45 / atualizado em 31/03/2020 19:27

Plano Piloto é a área com maior número de casos no DF(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Plano Piloto é a área com maior número de casos no DF (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Levantamento da Secretaria de Saúde mostra que o Distrito Federal chegou a 333 casos confirmados do novo coronavírus, nesta terça-feira (31/3), dia em que foi confirmada a terceira morte na capital em decorrência da Covid-19. De acordo com o boletim, do total de registros, 44 pessoas estão hospitalizadas e 30 estão em unidade de terapia intensiva (UTI). Além disso, 43 pacientes foram contaminados por transmissão comunitária, quando não se sabe a origem da doença. 

Com 99 casos, o Plano Piloto é a região da capital com mais notificações da doença. Em seguida, vêm o Lago Sul, com 55 registros, e Águas Claras, com 34. 

O maior grupo de pessoas com coronavírus têm idade entre 30 e 38 anos, totalizando 105 diagnósticos. Pacientes entre 40 e 49 anos ficam em segundo lugar no ranking de infectados. Do total de casos confirmados, 43 tem mais de 60 anos

A maioria dos casos confirmados, 192 (57,7%), são homens. O restante, 141 (42,3%), são mulheres. Até o momento, três pessoas morreram pela doença, dois homens, de 77 e 73 anos, e uma mulher de 61 anos. Todos tinham comorbidades, que agravam a doença. 
 

Quadro gravíssimo

A primeira paciente diagnosticada com coronavírus no Distrito Federal segue internada na unidade de terapia intensiva do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). A mulher, de 52 anos e moradora do Lago Sul, apresenta síndrome respiratória aguda severa e está em estado gravíssimo, segundo boletim médico divulgado pela Secretaria de Saúde nesta terça. 

De acordo com a pasta, a paciente apresenta comorbidades, que agravam o quadro clínico. Ela está sob cuidados de equipe multidisciplinar e suporte técnico-científico. “A paciente segue gravíssima, hemodinâmica mantida com vasopressores. Função renal estável, diurese presente. Sedada e sob ventilação mecânica”, frisou a past 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade