Publicidade

Correio Braziliense

Coronavírus: Secretaria de Saúde e UnB promovem roda de terapia comunitária

Encontros virtuais são voltados para estudantes, pacientes, professores e servidores do GDF e vão trabalhar formas de lidar com a pandemia e o isolamento social


postado em 01/04/2020 10:38 / atualizado em 01/04/2020 11:21

Doralice Oliveira Gomes comanda atividades(foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde)
Doralice Oliveira Gomes comanda atividades (foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde)
Uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Universidade de Brasília está promovendo rodas de terapia comunitária no Distrito Federal. Os encontros são on-line e trabalham questões que envolvem desde a pandemia mundial do coronavírus até a forma como cada participante está lidando com esse momento sensível de medos, ansiedades e isolamentos.

A iniciativa partiu da responsável técnica de terapia comunitária da Secretaria de Saúde, Doralice Oliveira Gomes, que adaptou o trabalho que vinha sendo feito de modo presencial, antes da pandemia, para poder continuar prestando o serviço de apoio. A Terapia Comunitária Integrativa (TCI) está disponível na rede pública desde 2011.

Na última terça-feira (31/3), pacientes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPs) do Riacho Fundo participaram da roda de terapia por um aplicativo de videoconferência. As próximas sessões estão agendadas para quinta-feira (2/3), com estudantes da UnB, moradores da casa do Estudante, pela manhã. 

No período da tarde, professores de escolas públicas vão participar do processo. “O princípio da prática é aproveitar as experiências da comunidade para incentivar cada paciente a criar as soluções para suas próprias dificuldades. A TCI ainda fortalece os laços sociais e os benefícios de viver em conjunto. Quem tiver interesse em participar de uma roda de terapia comunitária pode enviar a solicitação para o e-mail tcintegrativa@gmail.com”, informa a secretaria.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade