Cidades

CLDF: Mensalidades escolares poderão sofrer redução de 30%

A proposta foi aprovada em primeiro turno na Câmara Legislativa do DF. O texto ainda será votado em segundo turno para ir à sanção do governador Ibaneis Rocha (MDB)

Agatha Gonzaga
postado em 01/04/2020 23:10
 (foto: Divulgação CLDF)
(foto: Divulgação CLDF)

A proposta foi aprovada em primeiro turno na Câmara Legislativa do DF. O texto ainda será votado em segundo turno para ir à sanção do governador Ibaneis Rocha (MDB)A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou em primeiro turno nesta quarta-feira (1), projeto de Lei que sugere a redução em até 30% das mensalidades das instituições de ensino privado, incluídas as creches em período integral, ensino fundamental e médio, além das universidades, enquanto persistir a suspensão das aulas por causa da pandemia do novo coronavírus. O texto é de autoria dos deputados Rafael Prudente (MDB) e Daniel Donizett (PSDB).

;Entendemos que precisamos debater tudo aquilo que impacta a população lá na ponta. Teremos essa redução nos valores dos serviços prestados, enquanto tiver ocorrendo essa pandemia e os pais e alunos estiverem sendo prejudicados;, disse Rafael Prudente.

Em nota, o Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe-DF), esclareceu que todos os serviços educacionais estão sendo normalmente prestados e continuarão a ser até, pelo menos, o final de 2020, inclusive, às famílias que eventualmente entrem em inadimplência.

O projeto foi aprovado em primeiro turno com 17 votos favoráveis e 4 abstenções contra. Ele deve ser votado em segundo turno na semana que vem.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação