Publicidade

Correio Braziliense

Dois presos esfaqueiam colegas de cela durante briga na Papuda

Uma das vítimas está gravemente ferida e foi encaminhada ao Hospital de Base, depois de ser examinada dentro do Complexo Penitenciário da Papuda


postado em 02/04/2020 16:29 / atualizado em 02/04/2020 16:37

A briga foi apartada por um agente (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
A briga foi apartada por um agente (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Dois detentos tentaram assassinar a facadas outros dois colegas de cela por motivos de brigas internas, dentro do Presídio do Distrito Federal I (PDF I), a Papuda. Uma das vítimas está gravemente ferida. Após atendimento dentro do Complexo Penitenciário da Papuda, o preso foi encaminhado ao Hospital de Base. 

O tumulto ocorreu nesta quinta-feira (2/4), no Bloco F da penitenciária, durante o banho de sol. As facas foram feitas pelos próprios presos de maneira artesanal, com alumínio — objetos conhecidos como estoques. A 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) investiga o caso. 

Os suspeitos da dupla tentativa de homicídio qualificado são José Ibamar, conhecido como Zezinho e Matheus. O presidiário que ficou gravemente ferido depois de receber várias facadas nas regiões da cabeça, quadril e pernas se chama Ismael. O segundo interno, identificado apenas como Carlos, teve ferimentos leves. 

O delegado Josué de Lima Pinheiro, da 30ª DP, relatou ao Correio que Ismael afirmou ter sido salvo por um agente penitenciário, já que o autor do crime parou golpear o colega de cela apenas quando a contenção atirou balas de borracha no criminoso, que tentou escapar dos agentes no meio da multidão.

*Estagiária sob supervisão de Nahima Maciel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade