Publicidade

Correio Braziliense

Primeira paciente do DF com coronavírus segue em estado gravíssimo

Mulher de 52 anos está isolada na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Ela está sedada e respira com a ajuda de aparelhos


postado em 02/04/2020 19:47 / atualizado em 02/04/2020 20:16

Primeira vítima de Covid-19 no DF segue internada na UTI do Hran(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Primeira vítima de Covid-19 no DF segue internada na UTI do Hran (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A mulher de 52 anos, moradora do Lago Sul, atestada como o primeiro caso do novo coronavírus no Distrito Federal, está internada há 29 dias na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). De acordo com o último boletim médico divulgado pela Secretaria de Saúde, nesta quinta-feira, o quadro de saúde da paciente é gravíssimo. 

Ela está sedada e respira com a ajuda de aparelhos. A mulher também apresenta comorbidades (outras doenças associadas ao coronavírus), o que agrava a situação. De acordo com o boletim médico, ela tem síndrome respiratória aguda severa. 

O marido dela, atestado como o segundo caso da doença no DF, em 9 março, está em isolamento domiciliar, mas de acordo com o resultado do último exame, divulgado nesta terça-feira, ele está curado da Covid-19.

O Distrito Federal chegou a 400 casos confirmados de coronavírus na tarde de hoje, segundo o boletim da Secretaria de Saúde. Houve aumento de 23 casos em relação aos números divulgados na manhã de hoje. Do total, 60 pacientes estão hospitalizados, e 41 deles estão em unidades de tratamento intensivo (UTI).

Cinco mortes foram confirmadas até agora. Todas as vítimas apresentavam comorbidades.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade