Publicidade

Correio Braziliense

Deputado Fernando Fernandes é investigado por corrupção

O distrital é investigado por fraudes em emissão de atestados médicos durante as eleições de 2018


postado em 07/04/2020 11:42 / atualizado em 07/04/2020 14:32

O deputado é acusado de fraudes em emissão de atestados médicos(foto: Arthur Menescal)
O deputado é acusado de fraudes em emissão de atestados médicos (foto: Arthur Menescal)
A Corregedoria-Geral da Polícia Civil do Distrito Federal abriu inquérito policial para investigar uma suposta corrupção praticada pelo delegado e deputado Fernando Fernandes (Pros). O distrital e outros três agentes da PCDF são acusados de crimes relacionados a fraudes em emissão de atestados médicos durante as eleições de 2018, além de recebimentos de recursos financeiros ilícitos para campanha eleitoral. 

O documento do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o qual o Correio teve acesso, revela que a investigação adveio da Operação Alquimia, em que Fernando Fernandes foi acusado de organização destinada à produção ou tráfico de drogas, em 2019. 

Os três agentes e o deputado são investigados por solicitação e recebimento de recursos financeiros ilícitos para campanha eleitoral, mediante a promessa de nomeação em cargo público e dedicação exclusiva a atividades político-partidárias durante o período eleitoral de 2018. Segundo a apuração policial, os agentes simulavam problemas médicos e falsificavam atestados para não voltarem a trabalhar em seus cargos efetivos, sem prejuízo de outras condutas.

Ao Correio, a assessoria do deputado informou que ele não se manifestará sobre o assunto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade