Publicidade

Correio Braziliense

Profissionais da área da saúde do DF vão ganhar hospedagem diária

A medida do GDF é dar maior suporte nas condições físicas e psicológicas para quem está no front direto na luta contra o Covid-19


postado em 08/04/2020 10:24

Profissionais de sáude que lidam diretamente com pacientes da Covid-19 poderão se hospedar em hotéis da cidade(foto: Agência Brasília)
Profissionais de sáude que lidam diretamente com pacientes da Covid-19 poderão se hospedar em hotéis da cidade (foto: Agência Brasília)
O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) anunciou nesta quarta-feira (8/4) três medidas que beneficiam os profissionais de saúde que lidam diretamente com pacientes suspeitos e/ou diagnosticados com a Covid-19.
Em acordo entre as pastas da Saúde, Economia e Turismo, que há mais de uma semana vêm trabalhando no assunto, o GDF vai oferecer diárias na rede hoteleira para que médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de outros profissionais que atuam de modo direto com cuidados aos pacientes vítimas do coronavírus, possam preservar sua saúde e de seus familiares com instalações próximas ao trabalho nos hospitais referenciados para o combate ao Covid-19. A Secretaria de Segurança Pública do DF também cadastrou idosos que não tenham onde ficar durante a pandemia.

Essa resolução faz parte de um pacote de ações que abrange ainda, assistência psicológica e prioridade na testagem rápida para o diagnóstico da Covid-19. “Estas ações têm como principal objetivo reforçar a importância desses verdadeiros guerreiros, que sacrificam suas vidas e o convívio com suas famílias para salvar vidas”, salientou Francisco Araujo, secretário de Saúde do DF.
 
Para o secretário de Economia “esse recurso que será aplicado não representa gastos e sim investimento naquilo que há de mais precioso no serviço público que é seu servidor e a missão que ele desempenha. O profissional de saúde está no front dessa luta e, portanto, deve ter toda atenção do governo do DF”, finalizou.

Para a secretária do Turismo, Vanessa Mendonça, “essa ação mostra a preocupação do governador Ibaneis com o ser humano que está por trás do profissional e, ao mesmo tempo, repercute no aquecimento da atividade hoteleira, na medida em que preserva postos de trabalho no setor”, conclui.

 
* Com informações da Agência Brasília






Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade