Cidades

Papuda tem 217 pessoas infectadas; 154 são presidiários e 63, policiais

Nesta segunda-feira (27/4), uma mulher presa na Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF) testou positivo para a doença

Darcianne Diogo
postado em 27/04/2020 19:32
Nesta segunda-feira (27/4), uma mulher presa na Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF) testou positivo para a doença Subiu para 154 o número de presidiários infectados pelo novo coronavírus no Complexo Penitenciário da Papuda, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) nesta segunda-feira (27/4). Sessenta e três policiais penais estão infectados. O total de pessoas infectadas nas unidades prisionais chega a 217.

A Secretaria informou que parte dos que testaram testaram positivo para a doença ainda aguardam a contraprova. Cinco internos, sendo três deles lotados na Penitenciária do Distrito Federal (PDF II), apresentaram agravamento no quadro clínico e estão internados no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). ;Os reeducandos que apresentem algum tipo de agravamento no estado de saúde são encaminhados ao Hran. Os demais contaminados são acompanhados por equipes de saúde nas próprias unidades prisionais;, esclareceu a pasta.

Infectados

Dos policiais penais confirmados, 14 são do Centro de Detenção Provisória (CDP), 30 do Centro de Internamento e Reeducação (CIR), 11 da Penitenciária do Distrito Federal I (PDF I), sete da PDF II e um da Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (Dpoe). Dos internos, 36 são do CDP, 76 do CIR, 25 da PDF I, 16 da PDF-II. Uma mulher presa na Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF) está infectada. Um policial penal e um interno estão recuperados. Ambos são do CDP.
A SSP anunciou uma série de medidas para conter o avanço do novo coronavírus nas unidades prisionais. A suspensão das visitas aos custodiados foi prorrogada até 1; de maio. A data, no entanto, poderá passar por nova alteração, dependendo do cenário da doença. A medida, iniciada em 12 de março, está alinhada às ações do Governo do Distrito Federal (GDF) voltadas à prevenção do contágio pela Covid-19.
A pasta também adotou um novo canal para possibilitar a troca de mensagens entre familiares e internos. Além dos aplicativos de mensagens, a comunicação pode ocorrer por meio do site da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), no link do cadastro de visitantes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação