Cidades

Sorteio do Nota Legal é adiado e ainda não há nova data

Programa do GDF usa números sorteados pela Loteria Federal, que teve sorteios suspensos até julho. Por isso a Secretaria de Economia anunciou o adiamento

Correio Braziliense
postado em 29/04/2020 16:54
 (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Nota legalO primeiro sorteio de 2020 do programa Nota Legal, previsto para 27 de maio, foi adiado. A adoção da medida ocorre porque a premiação a consumidores cadastrados no sistema do Governo do Distrito Federal utiliza como base os números sorteados pela Loteria Federal, que teve os sorteios suspensos até julho. A Secretaria de Economia aguarda o retorno desses procedimentos para agendar uma nova data.

O último sorteio do Nota Legal foi realizado em 25 novembro de 2019 e distribuiu 12,6 mil prêmios, a partir de R$ 100. A maior premiação, de R$ 500 mil, foi para um contribuinte que fez uma compra de R$ 17,66 em uma padaria no Sudoeste.
Ao todo, 842.143 consumidores estavam habilitados e concorreram no último sorteio. Cada consumidor pode participar com até 200 bilhetes por mês - cada compra corresponde a um bilhete, independentemente do valor consumido.


Incentivo à emissão de notas

O Nota Legal é o programa do Governo do Distrito Federal que incentiva a emissão de notas fiscais e permite que os contribuintes recuperem parte do ICMS e ISS recolhidos em estabelecimentos comerciais, além de participarem dos sorteios.

O cidadão cadastrado recebe créditos que podem ser utilizados para abater o valor de impostos ou receber o valor em dinheiro. Para isso, basta informar o CPF na hora da compra. As notas cadastradas ficam disponíveis para consulta no aplicativo de celular Economia DF por até 90 dias.

Com informações da Agência Brasília

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação