Cidades

Novo chamamento público para hotéis acolherem idosos durante pandemia

Este é o segundo chamamento público. Hotéis cadastrados no primeiro não estavam aptos

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 05/05/2020 17:14
O hotel Brasília Palace é um dos que recebeu os idosos na primeira leva do programaO Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) publicou nesta terça-feira (5/5) edital de chamamento público a hotéis que queiram hospedar idosos no Distrito Federal, no programa Sua Vida Vale Muito ; Ação Hotelaria Solidária. O objetivo é dar moradia aos idosos que vivem em locais inadequados durante a pandemia da covid-19. Até agora, já são cerca de 1.200 idosos inscritos e 300 estão hospedados no Brasília Palace Hotel.

O programa é organizado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). Esse é o segundo chamamento para o mesmo programa, os hotéis cadastrados no chamamento anterior não cumpriram os protocolos exigidos para garantir a proteção dos idosos. A secretária da Sejus, Marcela Passamani, ressalta que é importante que os hotéis interessados em participar do programa se atentem às especificações técnicas do edital.



Edital

O objetivo do chamamento é pesquisar os preços para hospedagem em rede de hotelaria ou em hotel, pelo período de três meses, podendo ser prorrogado por igual período. Inclui fornecimento de refeição, em quartos preferencialmente duplos, com possibilidade de sistema de rodízio, para grupos de no mínimo 100 e de no máximo 300 pessoas, de ambos os sexos.

[SAIBAMAIS]Os interessados deverão encaminhar a solicitação via e-mail: chamamento.hotel@sejus.df.gov.br. Em caso de eventual contratação, a possibilidade de iniciar a hospedagem se dará em até 72 horas, contados a partir da assinatura do contrato. As propostas poderão ser encaminhadas a partir desta terça-feira (5) até o próximo dia 10 de maio. A Sejus pretende conhecer a capacidade da rede em ofertar o referido serviço ; ao menor custo possível e em tempo hábil ; pelas empresas interessadas.



Especificações

O estabelecimento deve oferecer, obrigatoriamente, os seguintes serviços e instalações:

; o hotel deve ser reservado exclusivamente a idosos;

; disponibilização de portaria/recepção para atendimento e controle permanentes de entrada e de saída;

; guarda de bagagens e objetos de uso pessoal dos hóspedes;

; conservação, manutenção, arrumação e limpeza das áreas, instalações e equipamentos;

; condições adequadas de higiene e de infraestrutura;

; acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida;

; serviço de governança;

; serviço de segurança 24 horas por dia;

; gerador de emergência de energia elétrica para manutenção de todos os serviços essenciais;

; restaurante(s) integrado (s) ao complexo do hotel, vedada a prestação de serviços em locais diversos;

; cozinha instalada;

; serviço de camareira, com substituição de roupas de cama a cada troca de hóspedes, ou pelo menos a cada semana ou quando houver necessidade;

; rigoroso controle de acesso aos apartamentos, visando à segurança dos hóspedes, dentre outras especificidades.

* Com informações da Sejus



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação