Cidades

GDF sanciona lei que obriga mercados a adotar medidas de higiene

Dentre as medidas, a higienização dos carrinhos se torna obrigatória em todos mercados do Distrito Federal

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 07/05/2020 18:02
Distância mínima entre clientes nas filas é uma das medidas obrigatóriasO governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), sancionou mais uma lei que integra a série de ações públicas em combate ao novo coronavírus. Publicada no Diário Oficial do DF (DODF) desta quarta-feira (6/5), a norma exige a adoção de medidas de proteção de clientes e funcionários em supermercados, varejistas e atacadistas.
O projeto de lei é de autoria do deputado distrital Robério Negreiros (PSD). O texto dispõe de seis determinações de segurança que entraram em vigor na data de publicação. Os comércios do ramo devem dispor de funcionários que atendam às exigências. Vejas quais são:

1. Higienizar mãos e punhos dos clientes e funcionários;
2. Higienizar carrinhos e cestos de compra;
3. Dispor de sabão e álcool em gel nos sanitários, bem como em pontos estratégicos;
4. Higienizar as esteiras dos caixas, a cada compra dos clientes;
5. Estimular as chamadas compras solidárias, que reduzem o número de pessoas nos supermercados;
6. Instalar sinalização, adesivos e comunicação interna nas lojas, orientando sobre a distância de 2 metros entre as pessoas e a recomendação de consumo consciente.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação