Cidades

Número de presos infectados pelo coronavírus na Papuda chega a 444

Com a inauguração dos dois novos blocos dos Centros de Detenção Provisória (CDPs), 288 detentos ocuparam as alas. Os espaços são utilizados para tratamento e quarentena de presidiários durante a pandemia da covid-19

Darcianne Diogo
postado em 11/05/2020 21:32
Número de custodiados infectados é de 444O número de presos infectados pelo novo coronavírus chegou a 444, de acordo boletim divulgado nesta segunda-feira (11/5) pela Secretaria de Saúde. Outros 129 policiais penais foram diagnosticados com a covid-19.

Doze custodiados estão internados na rede pública de saúde. Onze deles estão nos leitos de enfermaria e um na unidade de terapia intensiva (UTI). Outros 187 estão recuperados.

Com a inauguração dos dois novos blocos dos Centros de Detenção Provisória (CDPs), na última sexta-feira (8/5), 288 detentos ocuparam as alas. Os espaços contam com 400 vagas ; 200 em cada ; e são utilizados para tratamento e quarentena de presidiários durante a pandemia do novo coronavírus.

Dos policiais penais notificados, nove são do Centro de Detenção Provisória (CDP), 21 do Centro de Internamento e Reeducação (CIR), 42 da Penitenciária do Distrito Federal I (PDF I), 34 da Penitenciária do Distrito Federal II (PDF-II), 11 do Centro de Progressão Penitenciária (CPP), nove da Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE) e três servidores da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe).

Ações recentes

A Secretaria de Turismo (Setur) abriu processo para selecionar estabelecimentos de hospedagem e hotelaria para policiais penais ficarem em isolamento. O benefício é para os servidores lotados nas penitenciárias, especialmente as unidades que foram registrados casos da covid-19.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) informou que, a partir desta segunda-feira, a Saúde ficará responsável pela divulgação dos casos de internos infectados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação