Cidades

DF ocupa a 20ª posição no país em percentual de mortes por Covid-19

Levantamento feito pela Codeplan mostra que o Distrito Federal está entre as unidades da Federação com menor índice de mortes pelo novo coronavírus

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 12/05/2020 22:05
Distrito Federal está entra as unidades da Federação com menos óbitos por covid-19 e aderiu ao isolamento logo no início da pandemia na cidadeLevantamento feito pela Companhia de Desenvolvimento do Distrito Federal (Codeplan), em conjunto com a Secretaria de Saúde (SES), mostra o Distrito Federal entre as unidades da Federação com menor número de mortes causadas pela covid-19. De acordo com o documento, o DF ocupa a 20; posição no ranking de letalidade, com taxa de óbitos de 1,56%.
Os dados são referentes aos índices registrados até 10 de maio, quando a capital tinha 42 mortes em decorrência da doença oficialmente registrada pela Saúde.

De acordo com a Codeplan, a testagem massiva da população, iniciada em 21 de abril pelo Governo do Distrito Federal, é um dos aspectos que colocaram o DF nesta posição, primeiramente pelo fato de a detecção precoce permitir o tratamento mais adequado.
Além disso, diante do maior número de casos confirmados, a proporção de pessoas contaminadas e que sobrevivem aumenta, o reduz a taxa de letalidade. Em 7 de abril, esse índice chegou a 4%.
No entanto, quando se leva em conta o número absoluto de casos, o DF ocupa a 13; posição nacional. Os estados com maior número de pessoas contaminadas, até o momento, são São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas.

Os números reforçam a importância do isolamento social. O DF foi a primeira unidade da Federação a adotar medidas de distanciamento por meio de decretos do Poder Executivo, fechando escolas, comércio e suspendendo qualquer atividade que gere aglomeração.
Apesar da baixa taxa de letalidade, o número de casos a a cada 100 mil habitantes ultrapassa 97, de acordo com o último dado divulgado pela Secretaria de Saúde. Além do isolamento, as medidas de higiene e o uso de máscaras quando for imprescindível sair de casa são recomendados por especialistas e autoridades sanitárias. No DF, o uso do equipamento é obrigatório desde 30 de abril.
Com informações da Agência Brasília

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação