Cidades

Duplo homicídio em Samambaia foi captado por duas câmeras de segurança

As vítimas, de 31 e 29 anos, estavam conversando com outras pessoas no momento em que ocorreu o ataque, em Samambaia Sul. Câmeras de segurança flagraram o duplo homicídio

Sarah Peres
postado em 13/05/2020 17:10
O suspeito atirou contra as duas vítimasAgentes da 32; Delegacia de Polícia (Samambaia Sul) investigam um duplo homicídio que ocorreu às 7h28 desta quarta-feira (13/5). As vítimas, de 31 e 29 anos, estavam acompanhadas de outras pessoas quando foram mortas. O ataque ocorreu na QS 516 de Samambaia Sul, em frente ao Golden Park Hotel e próximo a uma boate da área.

Ao menos duas câmeras de segurança da região filmaram o mom. Em uma das imagens, mais distante, é possível ver um grupo de, pelo menos, três pessoas paradas em volta de um carro de cor escura. Entre os presentes está uma das vítimas. Poucos instantes depois, o segundo assassinado se reúne com eles.


[SAIBAMAIS]As vítimas e os colegas conversam no local, ao lado das escadas do hotel. A outra câmera tem um ângulo focado em um segundo automóvel, que estava estacionado do outro lado da escadaria, próximo ao primeiro veículo.

Por essa imagem é possível ver que uma das vítimas vai até o carro e entra no banco do motorista. Nesse instante, o criminoso chega, com a arma de fogo na mão: ele estava de boné, casaco, bermuda e chinelo. O bandido atira contra esse homem e, depois, se volta para o grupo que estava do outro lado das escadas.

Pela câmera de ângulo mais distante, pode-se ver que os demais presentes se dispersam. O homicida dispara contra a segunda vítima, que que cai na calçada, no canto ao lado da escadaria do estabelecimento. Os outros dois tentam fugir da mira do atirador: um homem corre para o outro lado da rua e uma mulher tenta se proteger entre os outros carros.

Depois de cometer os homicídios, o criminoso foge do local a pé. A mulher, após confirmar que ele não retornaria, continua caminhando e, depois, some da imagem. Por causa das cenas violentas contidas no material, o Correio optou por não divulgar as imagens.
Conforme apurado pela reportagem, agentes da 32;DP analisam as câmeras de segurança da área para tentar identificar o suspeito. Além disso, o local do assassinato passou por perícia do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). As vítimas foram identificadas, mas não houve divulgação por parte da 32;DP. Até a mais recente atualização da matéria, testemunhas prestavam esclarecimentos do caso.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação