Cidades

Com música e tapete vermelho, enfermeiros do DF são homenageados

Atitudes de valorização e empatia com aqueles que estão na linha de frente do combate ao coronavírus ocorreram na rede pública e particular

Alan Rios
postado em 14/05/2020 11:41 / atualizado em 25/08/2020 17:21
Enfermeiros da UBS do Gama recebem homenagensEnfermeiros de unidades de saúde do Distrito Federal vivem uma pressão constante em meio à pandemia do novo coronavírus. Para aliviar um pouco a tensão e reconhecer o trabalho que eles vêm fazendo, hospitais da capital prepararam homenagens aos profissionais. Músicas, telefonemas e até tapete vermelho são atitudes de reconhecimento vistas no DF. As ações acontecem na Semana da Enfermagem, celebrada a partir da última terça-feira (12/5).
 
A rede pública da capital conta com 13.962 servidores de enfermagem, que começaram a receber telefonemas da Secretaria de Saúde com mensagens de agradecimento pelo trabalho prestado. Algumas unidades também prepararam atividades especiais, como a Unidade Básica de Saúde 1 do Gama, que levou músicos ao local na última quarta-feira (13/5).

Sons do violão e saxofone tocaram canções leves que homenagearam os 47 profissionais da UBS. Os enfermeiros também receberam flores e participaram de sorteios. Para a gerente da unidade, Bárbara Lima, isso é essencial para fortalecer a saúde mental dos agentes de saúde. ;Essa ação é para dizer o quanto cada um é importante. É uma pequena homenagem no mês em que, oficialmente, temos a data comemorativa internacional da enfermagem;, disse.
 
Enfermeiros do Hospital Santa Luzia são surpreendidos por artistas fantasiados de super-heróis

Heróis

Na rede privada, enfermeiros também receberam reconhecimentos. A Rede D;Or São Luiz aproveitou o Dia do Enfermeiro, na última terça-feira (12/5), para receber os profissionais com um tapete vermelho nos hospitais Santa Helena, Santa Luzia e Hospital do Coração do Brasil.

Ao longo do dia, os homenageados também puderam acompanhar apresentações musicais de artistas que se fantasiaram de super-heróis.

;Colocamos os integrantes da banda fantasiados de heróis para mostrar a importância dos nossos profissionais que estão na frente da batalha contra a covid-19. Foi uma forma singela de homenageá-los neste momento que está sendo tão difícil para todos nós. Uma maneira de acolher, de dar o abraço que gostaríamos de dar em cada um deles, já que não podemos;, contou Fernanda Rosa, gerente de Enfermagem do Hospital Santa Helena.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação