Cidades

GDF prorroga prazo para cadastros do Renda Emergencial e do Prato Cheio

Beneficiários podem confirmar inscrição nos programas até este domingo (24/5). Saiba como fazer

Matheus Ferrari
postado em 24/05/2020 10:55
Pagamentos do Renda Mínima Emergencial e do Prato Cheio começam a a partir das 8h desta segunda-feira (25/5) e vão até sexta-feira (29/5)O Governo do Distrito Federal (GDF) prorrogou as inscrições para recebimento dos benefícios dos programas Renda Emergencial e Prato Cheio. Com isso, beneficiários terão até as 23h59 deste domingo (24/5) para confirmar o direito ao auxílio. Inscritos podem acessar o site dos programas ou ligar para a central (61) 3029-8499. Têm direito aos benefícios, pessoas que não fazem parte dos programas Bolsa Família, DF sem Miséria, Bolsa Alfa, BPC e Auxílio Emergencial do governo federal.

Os pagamentos começam a ser feitos a partir das 8h desta segunda-feira (25/5) e vão até sexta-feira (29/5), de acordo com a letra inicial do nome dos beneficiários. Para evitar filas e aglomerações, em função da pandemia de covid-19, é necessário agendar, previamente, o recebimento por um dos canais disponibilizados pelo GDF (site ou telefone).

O valor do Renda Mínima Emergencial é de R$ 408, que será pagos por dois meses. O GDF pode prorrogar o pagamento por até um mês. O beneficiário pode optar pelo saque do recurso, em terminal de autoatendimento do BRB, ou utilizar o cartão do programa em qualquer estabelecimento comercial do DF.

No caso do Prato Cheio, o valor dos benefícios é de R$ 160 (cesta básica) e R$ 90 (pão e leite), totalizando R$ 250, com uso restrito em estabelecimentos alimentícios. O cartão pré-pago do Prato Cheio não estará habilitado para a função saque.

As listas com os nomes dos beneficiários foram elaboradas pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), gestora dos programas.

Confirmação

Se o beneficiário optar pelo cadastro por meio da internet, é preciso inserir o CPF e fornecer dados pessoais, como endereço e telefone para contato. Ao final do atendimento, será informada uma senha com aviso para que a pessoa vá, em dia e horário agendados, a uma agência ou posto do BRB Mobilidade para a retirada do cartão.

Se a opção for pelo uso da central telefônica, o cidadão será atendido por uma unidade remota, inicialmente, e depois direcionado para atendimento presencial. Os que não forem beneficiários de nenhum dos dois programas serão informados para aguardar análise da Sedes em casos de programas futuros.

Cartão

Para retirar o cartão, é preciso ir à agência ou ao posto de mobilidade indicado no momento da confirmação do cadastro. O Banco de Brasília (BRB) atenderá beneficiários, nas 57 agências e em três postos do BRB Mobilidade (Galeria dos Estados, Rodoviária e 108 Sul). Durante toda a semana, as agências que farão a entrega dos cartões dos benefícios vão abrir mais cedo. O atendimento será realizado das 8h às 16h. Interessados deverão apresentar documento de identificação com foto e CPF.

Confira os dias de acesso, por grupos:

Segunda-feira (25/5): beneficiários com nomes iniciados pelas letras A, B e C.

Terça (26/5): beneficiários com nomes iniciados pelas letras D, E, F, G e H.

Quarta (27/5): beneficiários com nomes iniciados com I, J, K e L.

Quinta (28/5):
beneficiários com nomes com iniciais em M, N e O.

Sexta (29/5):
beneficiários com nomes iniciados pelas letras P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y e Z.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação