Publicidade

Correio Braziliense

Investigação: MPT abre inquérito relativo a condições trabalho na saúde

Exposição de servidores da linha de frente de combate à covid-19 vira inquérito civil no Ministério Público do Trabalho


postado em 29/05/2020 15:59

Enfermeiros fizeram protesto para chamar a atenção para colegas mortos e condições de trabalho(foto: Jailson Ribeiro/Esp. CB/D.A Press)
Enfermeiros fizeram protesto para chamar a atenção para colegas mortos e condições de trabalho (foto: Jailson Ribeiro/Esp. CB/D.A Press)
Após denúncias realizadas pelo Conselho Regional de Enfermagem (Coren-DF), o Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu um inquérito civil para avaliar as condições de trabalho de servidores que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus. A Secretaria de Saúde terá cinco dias para apresentar uma resposta oficial. 

O primeiro alvo a ser denunciado é sobre a falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais de saúde. O Hospital Regional de Planaltina e o Hospital Regional de Taguatinga são as principais unidades de saúde que apresenta o problema. No final de abril, após vistoria feita pelo Coren, foi verificada a escassez de material necessário ao atendimento dos pacientes lotados nos dois hospitais.

Além do déficit de equipamentos, o MPT também cobra um posicionamento da secretaria sobre a equipe diminuta. As denúncias indicam que o quantitativo de enfermeiros e técnicos de enfermagem não é suficiente para demanda de pessoas infectadas com o vírus. O Coren alega que faz-se necessária a contratação de mais pessoal da área. 

Por último, o inquérito também exige a informação sobre a condição de trabalho de profissionais da saúde que foram deslocados para atuar no sistema penitenciário, tratando até de como os materiais estão sendo descartados e se os procedimentos estão adequados ao protocolo da covid-19


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade