Publicidade

Correio Braziliense

Auxílio emergencial do GDF: retirada de cartões se encerrou nesta sexta

Samambaia, Ceilândia, Planaltina e Recanto das Emas eram as regiões com maior números de famílias aptas a receberem o benefício. Ao todo, eram 28.414. Dessas, mais de 11,5 mil confirmaram o direito


postado em 29/05/2020 19:49 / atualizado em 29/05/2020 20:16

Cartões puderam ser retirados até esta sexta-feira (29/5)(foto: BRB/Divulgação)
Cartões puderam ser retirados até esta sexta-feira (29/5) (foto: BRB/Divulgação)
Terminou nesta sexta-feira (29/5) o prazo para retirada dos cartões dos programas emergenciais do Governo do Distrito Federal, o Renda Emergencial e o Prato Cheio. Mais de 11,5 mil pessoas confirmaram direito de acesso, por meio de um dos canais do BRB - site e central telefônica.
 
Ao todo, que 28.414 famílias eram possíveis beneficiárias. Samambaia é a região do Distrito Federal que registrava o maior número de famílias aptas a receberem o Renda Emergencial. O benefício foi criado pelo Governo do Distrito Federal para atender aquelas impactadas pela pandemia do novo coronavírus. Ao todo, a região administrativa tem 3.153 unidades familiares que poderiam ser contempladas pelo auxílio emergencial. Em segundo lugar, Ceilândia, com 3.019 famílias. A terceira região é Planaltina: são 2.343. Recanto das Emas vem em seguida, com 2.045 famílias.

Para ter acesso ao Renda Emergencial, as famílias devem ter renda mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50), ou seja, a soma da remuneração bruta de todos os membros que moram no lar. Estão aptas a participar deste programa aquelas pessoas já cadastradas nos sistemas da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes0, que administra o programa, e que não foram contempladas com nenhum outro benefício socioassistencial - como o Bolsa Família, o DF Sem Miséria, o Bolsa Alfa o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal.
 
O GDF oferece ainda, também por meio da Sedes, o Prato Cheio. Esse programa emergencial, também criado em razão da pandemia, atende também família com renda mensal per capita de até meio salário mínimo e que já tenham sido atendidas em alguma unidade de assistência social, como os Cras, Creas, Centros Pop e Unidades de Acolhimento do DF. O prazo para confirmar o direito aos auxílio terminou e a entrega dos cartões para sacá-los foi finalizada nesta sexta-feira (29/5).
 
Confira a distribuição de família que estavam aptas a receberem o Renda Emergencial por região do DF: 
  1. SAMAMBAIA 3.153
  2. CEILANDIA 3.019
  3. PLANALTINA 2.343
  4. RECANTO DAS EMAS 2.045
  5. TAGUATINGA 1.140
  6. SANTA MARIA 1.015
  7. GAMA 980
  8. RIACHO FUNDO I 693
  9. ITAPOA 677
  10. SÃO SEBASTIÃO 623
  11. SOBRADINHO 593
  12. PARANOA 462
  13. RIACHO FUNDO II 434
  14. GUARA II 332
  15. SOBRADINHO II 327
  16. BRAZLANDIA 306
  17. CANDANGOLANDIA 298
  18. ÁGUAS CLARAS/AREAL 289
  19. ASA SUL 272
  20. NÚCLEO BANDEIRANTE 221
  21. FERCAL 205
  22. GUARA I 187
  23. SCIA/SAAN 184
  24. ESTRUTURAL 163
  25. ASA NORTE 141
  26. CRUZEIRO 31
  27. LAGO NORTE 29
  28. ARNIQUEIRA 7
  29. LAGO SUL 7
  30. BRASÍLIA 4
  31. PARK WAY 3
SEM INFORMAÇÃO 8.223
TOTAL DE POSSÍVEIS BENEFICIÁRIOS 28.414 
CONFIRMAÇÕES MAIS DE 11,5 MIL 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade