Publicidade

Correio Braziliense

Tour virtual pelo cerrado celebra Semana do Meio Ambiente; confira

Em tempos de isolamento social, a Secretaria de Turismo convida a conhecer - sem sair de casa - belezas naturais do cerrado por meio de um tour virtual


postado em 30/05/2020 08:15 / atualizado em 29/05/2020 23:18

Jardim Botânico(foto: Tony Winston/Agência Brasília)
Jardim Botânico (foto: Tony Winston/Agência Brasília)
Em tempos de isolamento social, a Secretaria de Turismo convida a uma aventura - sem sair de casa - pelas belezas naturais do cerrado. A pasta disponibilizada um tour virtual por 10 atrativos que compõe a Rota do Cerrado, do Brasília Tour Virtual
 
Essa é ainda uma maneira de celebrar a Semana Mundial do Meio Ambiente, comemorada de 1º a 5 de junho. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU)para chamar a atenção da população para a importância da preservação dos recursos naturais.
 
Localizado no Planalto Central, em meio à vegetação nativa do cerrado, o Distrito Federal oferece tesouros ecológicos para a prática de ecoturismo, aventura e turismo rural.  

O Parque Nacional de Brasília, também conhecido como Água Mineral, é uma área de conservação situada a 10km do centro da cidade. Suas atrações mais populares são as piscinas de água cristalina formadas pelas nascentes e poços naturais que surgem às margens do Córrego Acampamento. O Parque também oferece trilhas de pequena e média dificuldade, uma aventura cheia de emoção para toda a família. A flora preservada e a rica fauna local são um espetáculo à parte.

Para Vanessa Mendonça, secretária de Turismo, Brasília tem uma forte vocação para o turismo rural, de aventura e ecoturismo, já que 70% do Distrito Federal é composto por áreas rurais. “E o Tour Virtual é uma ótima oportunidade para todos conhecerem um pouco das nossas belezas naturais para, quando tudo isso passar, poderem visitar pessoalmente”, afirma.

O Jardim Botânico de Brasília é outra opção para quem quer ter contato com a natureza. É predominantemente composto por vegetação do cerrado, em excelente estado de conservação, que pode ser apreciado nas trilhas abertas à visitação pública. Por conta dessa característica, o JBB é conhecido como o “Jardim do Cerrado”. A área acessível à visitação é composta pelo Centro de Visitantes, Centro de Excelência do Cerrado, área de Piquenique, Orquidário, Cactário, Biblioteca, Permacultura, Anfiteatro, Trilhas Interpretativas e Jardins Temáticos.

O Lago Oeste é uma região do DF que encanta quem passa por lá. Localizada em Sobradinho, é considerada uma das áreas ecológicas da capital brasileira, detentora das mais belas paisagens. No Lago Oeste é possível encontrar hospedagem, gastronomia, espaço de eventos, turismo rural, ecoturismo e turismo de aventura. Além disso, uma produção local de moda, arte, agrofloresta e de cogumelos e queijos, proporcionando experiências únicas e inesquecíveis.

Cidades vizinhas

A Chapada dos Veadeiros é um dos destinos de ecoturismo mais fascinantes do país. Reconhecido como Sítio do Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros fica a apenas 260km de Brasília. Entre as principais atrações da Chapada estão suas diversas cachoeiras, medindo até 120 metros de altura, trilhas, cânions, rios e mirantes.
 
(foto: Tony Winston/Agência Brasília)
(foto: Tony Winston/Agência Brasília)
 
O município de Alto Paraíso, do qual a histórica Vila de São Jorge faz parte, é o local mais procurado pelos turistas por oferecer diversos restaurantes, hotéis, pousadas e atrações culturais durante o ano inteiro. Vale a pena se programar para curtir os festivais de música, mostras de cinema e feiras gastronômicas que utilizam temperos e frutos do cerrado como ingrediente principal.

Conheça outros pontos turísticos disponíveis da Rota do Cerrado:

Brasília Rural
Brasília tem diversos atrativos naturais em suas propriedades rurais e campestres abertas à visitação. O visitante pode desfrutar de passeios a cavalo e charretes, pescaria, trilhas, mirantes, cachoeiras, restaurantes com comidas típicas regionais preparadas no fogão a lenha, além das diversas pousadas e hotéis-fazendas com terras cultivadas e criações de animais.

Jardim Zoológico de Brasília
O Zoológico possui cerca de 1,2 mil animais de diversas espécies e oferece várias atrações a seus visitantes, dentre as quais se destacam o Museu de Ciências Naturais, viveiro de borboletas, área para piqueniques, parquinho, serpentário, lagos artificiais e lanchonetes.
 
Floresta Nacional de Brasília (Flona)
Localizada na região de Taguatinga, a Floresta Nacional de Brasília possui a maior trilha sinalizada em uma unidade de conservação do país. A Floresta é aberta à visitação e dispõe de trilhas indicadas para todos os gostos.

Salto do Tororó
Localizado a apenas 50km do centro de Brasília, o Salto do Tororó é um dos locais mais procurados para banhos de cachoeira e ecoturismo no Distrito Federal. O lugar é bastante frequentado por praticantes de rapel e mountain bike, mas também oferece opções de lazer para toda a família.

Parque da Cidade – Sarah Kubitschek
O Parque da Cidade é um dos maiores parques urbanos do mundo e o maior da América Latina. Oferece quadras de esportes, pista de cooper e patinação, ciclovias e trilhas por seus bosques com árvores nativas do cerrado. Nas dependências do Parque ainda encontramos um pavilhão de exposições, lago artificial, centro hípico, parque de diversões, kartódromo, restaurantes, churrasqueiras comunitárias e espaços para piquenique.
 
Parque Olhos-d’Água
Localizado entre as quadras 412 e 415 da Asa Norte, o Parque Olhos-d’Água abriga uma grande biodiversidade, incluindo peixes, aves, anfíbios, répteis e mamíferos, tais como as simpáticas capivaras. Sua rica flora é formada por plantas nativas do Cerrado e por algumas árvores frutíferas: bananeiras, figueiras e mangueiras.
 
Com informações da Setur-DF 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade