Publicidade

Correio Braziliense

Covid: GDF promove ação de conscientização e fiscalização em regiões do DF

Mobilização ocorreu em Ceilândia, Samambaia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Estrutural e contou com a participação de diferentes órgãos do governo


postado em 31/05/2020 15:57 / atualizado em 31/05/2020 15:57

Ação tem o objetivo de reforçar a fiscalização e conscientizar sobre a importância do cumprimento das medidas do governo(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Ação tem o objetivo de reforçar a fiscalização e conscientizar sobre a importância do cumprimento das medidas do governo (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
O Governo do Distrito Federal (GDF) promoveu neste domingo (31/5) uma ação de conscientização e fiscalização em diferentes regiões administrativas do DF. A ação ocorreu em Ceilândia, Samambaia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Estrutural. 

A iniciativa contou com a participação de órgãos como DF Legal, a Polícia Civil do Distrito Federal, a Polícia Militar do Distrito Federal, o Corpo de Bombeiros e as administrações regionais. O  objetivo é distribuir máscaras, conscientizar a população e reforçar a fiscalização das medidas protetivas.  

“Queremos levar essa mensagem positiva para a sociedade de que preservando a sua vida e a do próximo, usando os equipamentos de proteção e obedecendo todas as medidas vai dar certo.  Precisamos que as atividades comerciais funcionem dentro da legalidade, mas também precisamos da colaboração da sociedade. Pedimos que só saiam se for necessário”, ressaltou o secretário de Governo, José Humberto Pires.

Para o secretário do DF Legal, Gutemberg Tosatte, a ação reforça ainda mais a fiscalização em relação ao cumprimento das medidas adotadas pelo governo, algo fundamental para evitar mais contaminações da covid-19. “Obedecer esse regulamento vai muito além de obedecer uma legislação específica. A obediência implica em preservar a vida”, destacou. 

A ação ocorre em algumas das cidades mais afetadas pelo novo coronavírus como Ceilândia, que tem o maior número de casos confirmados da doença. O administrador da cidade, Marcelo Martins da Cunha, afirmou que ainda há muitas pessoas desobedecendo o distanciamento social. “É importante chamar a atenção dos moradores para que não saiam neste momento, nós devemos ter muito cuidado. Estamos tratando de saúde e precisamos que as pessoas nos ajudem”, enfatizou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade