Publicidade

Correio Braziliense

Covid-19: Estruturas para isolar corpos de vítimas são instaladas no DF

Estruturas vão comportar os corpos de maneira segura até que as famílias possam adotar as providências necessárias


postado em 01/06/2020 15:30 / atualizado em 01/06/2020 20:42

Equipamentos possuem refrigeração industrial e evitam o contato direto com os corpos, que continuam transmitindo o vírus(foto: Iges-df/Divulgação)
Equipamentos possuem refrigeração industrial e evitam o contato direto com os corpos, que continuam transmitindo o vírus (foto: Iges-df/Divulgação)
Na última semana, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) instalou estruturas especiais refrigeradas para auxiliar no fluxo dos óbitos por covid-19 em hospitais públicos do Distrito Federal. Essa medida visa respeitar a dignidade das vítimas e isolá-las de forma segura até as famílias adotarem todas as providências necessárias.

No caso das vítimas do coronavírus, um  protocolo específico, definido pelas autoridades de saúde, será aplicado, diferentemente dos casos de outras enfermidades. Devido à possibilidade de transmissão da doença ocorrer mesmo após a morte, esses equipamentos funcionarão como uma forma de precaução.
 
De acordo com o Iges-DF, as estruturas estão em processo de instalação, preventivamente, no Hospital de Base (HB), Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante. A implementação dos contêineres tem o objetivo de cruzamento de fluxos na liberação, para que cadáveres acometidos por outras causas de morte não sejam contaminados.


Outras ações

Em 22 de abril, o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) criou uma Sala de Isolamento de Cadáveres de Covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde, a medida, mantém a segurança de profissionais e outros pacientes, além de evitar a proliferação do vírus. O local é composto por quatro salas de 20 m², sendo duas refrigeradas, além de um salão e do expurgo, local onde os profissionais se trocam. O ambiente possui capacidade para armazenar 40 corpos. Essa sala  acomoda, exclusivamente, vítimas do coronavírus.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade