Publicidade

Correio Braziliense

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada; veja onde se vacinar

O Ministério da Saúde prorrogou a campanha de vacinação contra gripe até o dia 30 deste mês. No Distrito Federal, apenas 73% do público-alvo foi vacinado


postado em 05/06/2020 19:31 / atualizado em 05/06/2020 20:40

Até agora, 73% do público-alvo foi vacinado no DF(foto: Ed Alves/CBD.A. Press)
Até agora, 73% do público-alvo foi vacinado no DF (foto: Ed Alves/CBD.A. Press)
O Ministério da Saúde prorrogou a campanha de vacinação contra gripe até 30 de junho. No Distrito Federal, a expectativa do governo é que até o fim da campanha ao menos 90% da população-alvo esteja imunizada. Até agora, 73% desse grupo foi vacinado.

Essa campanha é focada em grupos prioritários. Veja a seguir quem pode se vacinar:
  • Idosos (mais de 60 anos)
  • Trabalhadores de saúde
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas
  • População privada de liberdade
  • Funcionários do sistema prisional
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
  • Povos indígenas
  • Caminhoneiros, portuários e trabalhadores do transporte coletivo (motoristas e cobradores)
  • Crianças de 6 meses a menores 6 anos
  • Gestantes
  • Mulheres que deram à luz recentemente, até 45 dias após o parto
  • Pessoas com deficiência
  • Adultos de 55 a 59 anos de idade
  • Professores de escolas públicas e privadas

Onde se vacinar

Em Brasília, os postos de vacinação estão nas regiões: Águas Claras, Brazlândia, Candangolâdia, Ceilândia, Cruzeiro, Gama, Guará, Itapoã, Lago Norte, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Recanto Das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho, Taguatinga, Varjão e Vicente Pires.

Para consultar os endereços e horários de antedimento, veja a lista da Secretaria de Saúde.

A vacina é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática em doses prévias da vacina. Contudo, na maioria dos casos, as vacinas contra influenza têm um perfil de segurança excelente e são bem toleradas.

Pacientes que tenham alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados podem receber a vacina, contanto que ela seja administrada em ambiente hospitalar.

Para pessoas acamadas e acima dos 60 anos, é possível fazer um agendamento para que a imunização seja feita em domicilio. O agendamento pode ser feito pelo 160 ou na Unidades Básicas de Saúde (UBS) de referência do domicílio do acamado.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade