Cidades

Começa reforma na Unidade Básica de Saúde 8 de Ceilândia

Enquanto durarem as obras, atendimento à população da cidade é realizado na UBS 11 do Setor O

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 08/06/2020 16:08
Os serviços incluem reparo das redes elétrica e hidráulica, pintura, entre outrosO Governo do Distrito Federal começou a reforma da Unidade Básica de Saúde 8 de Ceilândia, localizada na EQNP 13/17, Área Especial, Setor P Norte. Enquanto estiver em obras, que deve durar 120 dias e custar R$ 759 mil, o atendimento à população passa a ser na UBS 11 da cidade, localizada na EQNO 17/18, do Setor O.

Os serviços incluem reparo das redes elétrica e hidráulica, pintura, ampliação dos consultórios, reforma de portas danificadas, recuperação de esquadrias, construção de paredes e divisórias e instalação de novas portas de acesso, entre outros serviços.

A gerente da UBS 8, Cristiana Gonçalves, pede a compreensão dos pacientes enquanto durarem as obras, pois a mudança na rotina é necessária para melhorar toda a estrutura da unidade e garantir mais conforto e qualidade nos atendimentos prestados à população.

Contrato com o BNDES

A reforma da UBS 8 é uma parceria do GDF com o Instituto Tellus, além do patrocínio de uma empresa privada, previsto em contrato com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo o gerente da obra pelo Instituto Tellus, Marco Willian, esse é um projeto mais completo, que, além de revitalizar a infraestrutura, vai melhorar a qualidade do atendimento para o usuário. O gerente explica que os servidores receberam treinamentos para ampliar as práticas de atendimento humanizado à população.

A iniciativa reúne profissionais e usuários para identificar as possibilidades de oferecer mais humanização no atendimento, implantação de um novo modelo de prestação de serviços, envolvendo aspectos de organização de fluxos de trabalho e comunicação visual. Encontros e pesquisas para escutar a população e os servidores da Secretaria de Saúde (SES) apoiaram as definições do projeto.

Serviços continuam

Enquanto as obras ocorrem, as equipes de Saúde da Família e o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) prestam atendimento à comunidade da área abrangente da UBS 8 na UBS 11. Outro serviço que já foi transferido é o de farmácia, com a dispensação de medicamentos ocorrendo em um espaço preparado especialmente para essa função. Esse remanejamento envolveu o trabalho de cerca de 70 servidores.

Além disso, todas as informações estão sendo prestadas aos usuários de ambas as unidades para garantir que a população não seja prejudicada com a mudança. Também foram afixados cartazes e faixas informativas nas duas instalações e nas vias próximas. Caso necessite de mais esclarecimentos, o cidadão pode procurar a gerência da unidade.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação