Cidades

Diretor do Hospital Regional de Ceilândia é exonerado

Amilton Pereira Bueno deixa o cargo nesta segunda-feira (8/6). Decisão foi publicada na edição extra do Diário Oficial (DODF)

Thais Umbelino
postado em 08/06/2020 21:40
Amilton Pereira Bueno deixa o cargo nesta segunda-feira (8/6). Decisão foi publicada na edição extra do Diário Oficial (DODF)O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), exonerou o diretor do Hospital Regional de Ceilândia, Amilton Pereira Bueno. A decisão foi publicada na edição extra do Diário Oficial do DF (DODF), na noite desta segunda-feira (8/6). Segundo o documento, a clínica médica Gabriela Rodrigues Marciano vai ocupar o cargo.

A decisão foi tomada dois dias depois de publicação de decreto para suspensão de atividades comerciais e sociais em Ceilândia. A região registrou o maior número de casos até agora, de acordo com último levantamento - de 16.629 mil casos de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus, 2 mil são moradores da Região Administrativa (RA).
Desde sábado (6/6), a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) se tornou exclusiva para pacientes com coronavírus. O lugar passou por adequações para receber os infectados e os leitos foram individualizados para facilitar o processo de desinfecção. Ao todo, são 10 vagas para os diagnosticados.
Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Hospital Regional de Ceilândia passou por reformas estruturais na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo a Secretaria de Saúde, uma avaliação técnica identificou possíveis pontos de contaminação como, por exemplo, a parede com revestimento em madeira que dificultava a higienização do local. O material foi trocado por porcelanato e tinta lavável. Já as cortinas que dividiam os leitos foram substituídas por paredes azulejadas.

O espaço foi evacuado para desinfecção em 14 de maio, após 10 funcionários testarem positivo para covid-19, sendo eles quatro técnicos de enfermagem, quatro fisioterapeutas, um médico e um enfermeiro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação