Cidades

Pesquisa mostra que, enquanto casos de covid-19 crescem, isolamento diminui

Estudo da Codeplan comparou o avanço do coronavírus no DF, com as taxas de isolamento social da população

Mariana Machado
postado em 09/06/2020 12:01
Gráfico compara avanço dos casos de coronavírus, e isolamento social ao longo dos dias Um estudo divulgado, nesta terça-feira (9/6) pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) comparou a porcentagem de isolamento social com o avanço dos casos de coronavírus no DF.
Desde a chegada do vírus, os casos de infecção cresceram, enquanto a taxa de isolamento diminuía. Em 22 de março, houve o pico de distanciamento, com 65,6% da população isolada. Na data, a Secretaria de Saúde somava 131 casos confirmados, e nenhuma morte.
Sete dias depois, data do primeiro óbito, o DF tinha 289 pessoas infectadas. A taxa de isolamento social havia caído para 59,9%. Desde então, o menor percentual de isolamento calculado foi de 35%, na última sexta-feira (5/6).
Neste dia, o DF somou 14 mil casos de covid-19, e 186 mortes. Os últimos dados são de domingo (7/6), quando o isolamento estava em 47,7%. Até lá, o total de pacientes infectados era de 16,6 mil, e 196 mortes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação