Cidades

DF ultrapassa os 20 mil casos de coronavírus; óbitos chegaram a 250

Em 24 horas, 1.042 pessoas foram diagnosticadas com a covid-19 e 18 pacientes morreram devido à doença

Caroline Cintra
postado em 11/06/2020 18:30
Ceilândia é a cidade onde há mais casos confirmados, com 2.497 infectados. Em seguida, aparece o Plano Piloto, Taguatinga e SamambaiaO Distrito Federal ultrapassou os 20 mil casos confirmados de coronavírus nesta quinta-feira (11/6). Os dados foram divulgados, às 18h, no boletim da Secretaria de Saúde. Hoje, na capital, 20.507 pessoas estão com a covid-19. Os óbitos chegaram a 250.

Em 24 horas, 1.042 pacientes foram diagnosticados com a doença, e 18 pessoas morreram. Dos óbitos inseridos nos informativos desta quinta-feira (11/6), 13 foram detectados retrospectivamente por meio de busca no sistema de vigilância epidemiológico de influenza (SIVEP-Gripe), cinco desses registros aconteceram semana passada.

Do total, 11.089 pessoas estão curadas, o que equivale a 54,1% das ocorrências. Dos casos ativos, que somam 9.143 (44,6%), 60 são considerados graves (0,3%); 164, moderados (0,8%) e 1.013, leves (4,9%). As mulheres representam 50,3% dos pacientes com coronavírus no DF, com 10.305 registros. Os homens são 49,7% do total, somando 10.202 ocorrências.

Ceilândia segue como a cidade com mais casos confirmados, são 2.497 infectados. Logo depois, aparece o Plano Piloto (1.614), Taguatinga (1.409) e Samambaia (1.200). Em quinto lugar está o Gama, com 1.007 pacientes com covid-19.

Vítima bebê

Na manhã desta quinta-feira (11/6), o DF registrou a primeira morte de uma criança vítima da covid-19. Segundo informações cedidas ao Correio, o bebê tinha um mês e quatro dias e morreu no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Ele nasceu em 7 de maio no Hospital Regional do Paranoá (HRP).

Este é o primeiro caso de morte pelo novo vírus na capital em que a vítima tem menos de 20 anos. A criança deu entrado no Hran na quarta-feira (10/6) e morreu por volta das 7h desta quinta-feira (11/6).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação