Publicidade

Correio Braziliense

Incêndio destrói casa em Santo Antônio do Descoberto e família pede ajuda

No momento do ocorrido, não havia ninguém na residência. De acordo com o morador, foram 15 minutos até a contenção do fogo pelos bombeiros


postado em 18/06/2020 20:54 / atualizado em 18/06/2020 20:54

Incêndio destruiu casa em Santo Antônio do Descoberto(foto: Reprodução)
Incêndio destruiu casa em Santo Antônio do Descoberto (foto: Reprodução)
A última quarta-feira foi marcada por muita tristeza para a família de José Carlos Nascimento, 45 anos. O morador de Santo Antônio do Descoberto (GO) teve sua casa destruída após um incêndio por volta do meio dia. O Corpo de Bombeiros Militar do Goiás foi acionado, mas o fogo consumiu a estrutura da residência e os móveis. No momento do ocorrido, não havia ninguém em casa. 

José Carlos conta que estava trabalhando em uma chácara, próxima a sua casa, quando soube do ocorrido. “Quando cheguei, já não tinha sobrado nada. Nem as paredes vão poder ser aproveitadas. Os bombeiros nos informaram que a estrutura toda está comprometida”, relata. 

Ele mora com a esposa, que está grávida de seis meses, e uma filha de cinco anos. Ambas haviam saído para comprar pão na padaria. “Graças a Deus que elas não estavam”, diz, com alívio, José. 

De acordo com relatos de testemunhas, alguém teria colocado fogo no mato que fica nos fundos do lote. Como estava ventando, as chamas atingiram rapidamente o telhado e, em aproximadamente 15 minutos, destruiu toda a residência. A casa da irmã de José, que fica ao lado, também foi atingida. No entanto, a maior parte dos móveis e a estrutura da casa não foi danificada. 

“A benção foi que o quartel do Corpo de Bombeiros fica a cinco minutos de casa. Senão, o estrago ia ser maior”, ressalta José Carlos. “Moro na casa de fundos da minha mãe. As chamas já estavam chegando na casa dela quando os bombeiros conseguiram apagar”. 

A família dele e da irmã estão na casa de familiares. Os pais continuam na residência deles cumprindo o isolamento social. 

Toda a situação comoveu amigos e vizinhos. Uma rede de solidariedade se formou para ajudá-los a reconstruir a casa. “Hoje (18/6), recebemos um colchão e um sofá. Uma pessoa do Riacho Fundo veio trazer. Agora estamos contando com a ajuda de quem puder”, comenta José. 

“O curioso é que no mesmo dia do incêndio eu tinha acabado de comprar um berço e uma cômoda para o bebê. Comprei no cartão de crédito e tudo se perdeu agora”, relata. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato pelo telefone 9 9400-3499. 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade