Cidades

Papuda registra quarta morte de presidiário por coronavírus

O óbito foi notificado nesta quinta-feira (25/6), no painel de acompanhamento dos casos de covid-19 do GDF

Correio Braziliense
postado em 26/06/2020 22:46
Complexo Penitenciário da PapudaO Complexo Penitenciário da Papuda registrou a quarta morte de um preso por coronavírus. No entanto, ainda não se sabe a idade e se o preso estava internado no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) — unidade para onde os detentos são transferidos. 

A morte foi registrada nesta quinta-feira (25/6), no painel de acompanhamento dos casos de covid-19 do GDF. De acordo com o levvantamento, o detento não apresentava comorbidades. Com o novo óbito, a Papuda contabiliza cinco mortes — quatro detentos e um policial penal. A reportagem questionou a Secretaria de Segurança Pública sobre o novo registro, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem. 

Em 1ª de junho, o complexo registrou a segunda morte de um custodiado pelo vírus. O detento, de 40 anos, era lotado na Penitenciária do Distrito Federal I (PDF I).  Segundo informações da Seap-DF, o interno teria passado mal dentro da cela na manhã desta segunda-feira e, em seguida, foi atendido pela Gerência de Saúde da unidade prisional. Por apresentar piora no quadro clínico, o preso teve de ser encaminhado ao Hran.
 
O primeiro óbito registradona Papuda foi a de um policial penal. Francisco Pires de Souza, 45 anos, estava internado desde 28 de abril no Hran e não tinha comorbidades. O servidor, morador de Santa Maria, morreu no domingo (17/5) e era lotado também na PDF I, desde 2010. 
 

Casos

As unidades prisionais registraram, até a noite desta sexta-feira (26/6), 1.294 casos de coronavírus. Desses, 1.158 se recuperaram da doença

Notícias pelo celular

Receba direto no celular as notícias mais recentes publicadas pelo Correio Braziliense. É de graça. Clique aqui e participe da comunidade do Correio, uma das inovações lançadas pelo WhatsApp.


Dê a sua opinião

O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores. As mensagens devem ter, no máximo, 10 linhas e incluir nome, endereço e telefone para o e-mail sredat.df@dabr.com.br.

Tags