Publicidade

Correio Braziliense

Adolescente de 17 anos é assassinado próximo à linha de trem no Guará

O caso está sob investigação. Polícia está nas ruas para identificar o suspeito dos disparos


postado em 29/06/2020 22:47 / atualizado em 29/06/2020 23:35

Caso está sendo investigado pela 4ª Delegacia de Polícia (Guará)(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Caso está sendo investigado pela 4ª Delegacia de Polícia (Guará) (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Um adolescente de 17 anos morreu vítima de disparos de arma de fogo, na tarde desta segunda-feira (29/6), na QE 40, Conjunto A do Guará 2. O corpo do jovem estava próximo à linha do trem. Não há informações sobre quantos tiros o rapaz recebeu. 

A perícia da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi acionada. Ao Correio, o delegado da 4ª Delegacia de Polícia (Guará) João Ataliba Neto informou que o caso está sob investigação. “A ocorrência chegou para nós às 17h, mas não podemos comentar muita coisa ainda. Os agentes estão atrás do autor dos disparos”, detalhou. 

Números

Dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) mostram que, em maio, o DF registrou 23 homicídios, três a mais do que o mês de abril. No entanto, em maio do ano passado, o número foi de 36, 13 a mais. 

A quantidade de tentativas de homicídio no mês passado também chama a atenção: foram notificados 51 crimes desse tipo. No mesmo período de 2019, foram contabilizadas 65.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade