Cidades

Metrô-DF fará 10º ciclo de desinfecção para combater o coronavírus

Ação acontece de madrugada e é uma forma de prevenção ao contágio do coronavírus

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 01/07/2020 14:44
 (foto: Metrô-DF/Divulgação)
(foto: Metrô-DF/Divulgação)
Higienização é feita com uma substância que mata vírus e germesA Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) inicia hoje (1;/7) o décimo ciclo de desinfecção de instalações e trens com o produto quaternário de amônio. A limpeza vai ocorrer entre a noite desta quarta-feira e a madrugada de quinta-feira (2).

O Metrô-DF começou fazer esse processo de desinfecção nos trens e nas estações há mais de dois meses como medida adicional de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus. A cada semana, todo o sistema, incluindo trens, estações e demais unidades administrativas e operacionais passam pelo processo. No oitavo ciclo, as estações de Ceilândia, região que apresentou aumento no número de casos, recebeu duas aplicações do produto.

Aprovado pela Anvisa e usado na China e em outros locais do mundo, o quaternário de amônio age como uma película que mata vírus, bactérias, fungos e ácaros, formando uma camada protetora, que mantém o local desinfectado por mais tempo. A aplicação, com pulverizadores, é feita durante a madrugada, quando não há circulação de passageiros.

[SAIBAMAIS]Até agora, foram usados 23.400 litros do produto diluído. A aplicação do quaternário de amônio continuará sendo feita a cada semana por tempo indeterminado. Esse processo de higienização é somado às demais ações que o Metrô-DF tem adotado desde 9 de março, dois dias antes de a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar pandemia por coronavírus.

Portanto, segundo o Metrô-DF, além da aplicação do quaternário de amônio, a Companhia continua com a limpeza diária dos trens e das estações, além do reforço entre viagens na Estação Central e nos terminais de Ceilândia e Samambaia, sobretudo nas estruturas metálicas, cadeiras, pega-mãos e bilheterias. Foi adotado o peróxido de hidrogênio para a limpeza diária e constante. O reforço da limpeza nas superfícies metálicas e bilheterias das estações é feito a cada 30/40 minutos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação