Publicidade

Correio Braziliense

Covid-19: doação anônima permitiu aquisição de 300 mil testes rápidos no DF

A previsão é que os exames estejam disponíveis para a população a partir da próxima segunda-feira (6/7), nas Unidades Básicas de Saúde


postado em 01/07/2020 23:19

Distrito Federal contará com mais 300 mil testes rápidos a partir da próxima semana (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Distrito Federal contará com mais 300 mil testes rápidos a partir da próxima semana (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O Distrito Federal ganhará um reforço de mais 300 mil testes rápidos para a detecção de anticorpos IgM da covid-19. A previsão é que os exames estejam disponíveis para a população a partir da próxima segunda-feira (6/7).

A doação anônima, no valor de R$ 8,5 milhões, ao Governo do Distrito Federal permitiu a aquisição dos insumos pela Secretaria de Economia à pedido do governador Ibaneis Rocha (MDB). 

“Dessa forma, vamos dar prosseguimento ao monitoramento da covid-19 no DF, garantindo mais segurança à população e as informações necessárias para a tomada de decisões pelo governador”, afirmou o secretário de Economia, André Clemente. 

A previsão da chegada dos kits no Distrito Federal é para esta sexta-feira (3/7). Na última segunda (29/6), o secretário de Economia e o diretor do Laboratório Central de Saúde Pública do DF (Lacen), Jorge Chamon, foram a Itajaí (Santa Catarina) receber o material. Os exames estão sendo transportado em caminhões refrigerados.

Para a Secretaria de Saúde, os novos testes vão ampliar a capacidade de testagem em pacientes que apresentarem sintomas da doença do oitavo ao décimo quarto dia. “Com mais esses testes, estaremos reforçando a rede pública de saúde e fortalecendo o atendimento à população”, ressaltou o secretário de Saúde, Francisco Araújo,


Testagem 


Atualmente, a rede de saúde pública conta com a oferta de testes rápidos para a covid-19 nas 172 Unidades de Saúde Básica. Com a ampliação nas UBSs, os postos com sistema drive-thru foram desativados.

Quem tiver sinais da doença causada pelo novo coronavírus deve procurar a UBS mais perto de casa, onde poderá fazer o exame mais indicado pelos profissionais de saúde, se for o caso. Além dos testes rápidos, as unidades básicas de saúde oferecem testes RT-PCR.

Esse tipo é realizado a partir da amostra colhida com o swab (um cotonete) da mucosa do fundo do nariz. Do terceiro dia com sintomas até o sétimo, é indicado fazer o teste do swab. A partir do oitavo dia, poderá feito o teste rápido, porque os anticorpos são mais detectáveis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade