Publicidade

Correio Braziliense

Covid-19: tendas no Hospital da Região Leste atendem 2,4 mil suspeitas

As tendas foram montadas para receber pacientes sintomáticos ou que tiveram contato com algum caso confirmado de covid-19


postado em 02/07/2020 15:49 / atualizado em 02/07/2020 19:17

Moradores da região podem realizar o exame da covid-19 nas tendas do HRL(foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
Moradores da região podem realizar o exame da covid-19 nas tendas do HRL (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
As quatro tendas montadas em frente à enfermaria do Hospital da Região Leste (HRL) — antigo Hospital Regional do Paranoá — receberam, em 40 dias de funcionamento, cerca de 2.420 pacientes com suspeita de covid-19. As estruturas foram instaladas em 22 de maio para organizar o fluxo de atendimento e diminuir os riscos de contaminação entre outros pacientes e servidores da unidade de saúde. 

O espaço é voltado para atender os casos sintomáticos ou que tiveram histórico de contato com alguém que testou positivo. Os moradores das regiões do Paranoá, São Sebastião, Mangueiral, Lago Sul, Jardim Botânico e Itapoã podem realizar o exame do novo coronavírus nas tendas do HRL. O serviço está disponível à população todos os dias, das 7h à meia-noite.

Nas situações em que é necessária a internação, os pacientes são encaminhados para a parte interna do hospital, em salas de isolamento respiratório reservadas para a covid-19 no pronto-socorro. 

Ao todo, 97 casos testaram positivos para a doença. De acordo com a Secretaria de Saúde, nesse número entram também os exames feitos em pacientes suspeitos no centro obstétrico e nos prontos-socorros do hospital. 

Os testes para detecção de coronavírus feitos no Hospital da Região Leste são do tipo RT-PCR (swab nasal). O método é o mais recomendável nos pacientes entre o terceiro e sétimo dia de sintomas semelhantes aos da covid-19. Os exames são levados para análise do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Manutenção

De acordo com a Secretaria de Saúde, o pronto-socorro do Hospital da Região Leste tem passado por manutenção predial para ampliar a capacidade de atendimento aos pacientes com suspeita da covid-19. 

A unidade recebeu dez respiradores e precisou de adequação nos leitos para instalação do suporte ventilatório. A iniciativa foi possível após a pasta receber 150 ventiladores pulmonares do Ministério da Saúde para melhorar a estrutura dos hospitais públicos do Distrito Federal.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade