Cidades

Bebê é encontrado morto em hotel de Ceilândia

Vítima seria um recém-nascido, de menos de um mês de vida. Pais estão prestando depoimento na delegacia e dono do hotel sendo ouvido

Alan Rios
postado em 03/07/2020 10:19
 (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Norte) investiga o caso, ocorrido na QNN 2Um bebê foi encontrado morto em um hotel de Ceilândia na manhã desta sexta-feira (3/7). Ele era um recém-nascido com 27 dias de vida.

A 15; Delegacia de Polícia (Ceilândia Norte) investiga o caso, ocorrido na QNN 2. Os pais do bebê prestaram depoimento aos delegados e acabaram presos por maus-tratos. O dono do estabelecimento também foi ouvido. A perícia da Polícia Civil foi acionada para o local e recolheu provas para entender as circunstâncias da morte.
Os pais da criança moravam no hotel. Eles pediam dinheiro em semáforos e mercados durante o dia e retornavam ao local a noite. A mãe da criança deu a luz no hotel, em condições precárias. A família morava em um quarto sujo, com mais uma filha de 2 anos. A criança foi levada para o Conselho Tutelar.

Às 7h, o pai da criança acordou e balançou o bebê, que não reagiu. O homem acionou o Corpo de Bombeiros, segundo a PM. A Polícia Militar foi acionada e deu voz de prisão aos responsáveis.

"Tanto pai quanto a mãe não esboçaram nenhuma reação quanto à morte da criança. A mãe só foi chorar quando o pai foi detido, mas se lamentou por ele, não pelo bebê", disse o subtenente Eduardo Lima, da Polícia Militar.

Nascido de 7 meses, o bebê completaria 30 dias de vida no próximo domingo. O pai do menino tem passagem pela polícia por uso de droga. O casal pode ter condenção de 4 a 12 anos de recusão.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação