Cidades

Covid-19: DF tem mais cinco mortes e casos de infecções passam de 52 mil

Ao todo, 582 moradores da capital vieram a óbito por complicações do coronavírus. Número de contaminados é de 52.437

Sarah Peres
postado em 03/07/2020 12:39
 (foto: OAB-DF/Divulgação)
(foto: OAB-DF/Divulgação)

Um total de 62,12% dos leitos reservados para o tratamento da covid-19 na rede pública estão ocupadosO Distrito Federal contabiliza mais cinco mortes pelo novo coronavírus, totalizando 582 pessoas que perderam a vida na luta contra a doença. Balanço da Secretaria de Saúde (SES-DF) divulgado às 12h02 desta sexta-feira (3/7), também indica o registro de 156 diagnósticos positivos para a covid-19. O número de infectados na capital chega a 52.437.

O avanço cada vez mais célere de contaminações fez o governador Ibaneis Rocha declarar estado de calamidade pública, que foi reconhecido pelo governo federal. A situação da capital impacta diretamente no sistema de saúde. Dados da Saúde apontam a ocupação de 62,12% dos leitos reservados para o tratamento da covid-19 na rede pública. Na iniciativa privada, a taxa é ainda maior: 91,86%.

Sobre o perfil das pessoas contaminadas, a maioria é de pessoas do gênero feminino: 51,9% (27.208). Homens representam 48,1% dos casos (25.229). A faixa etária com maior número de diagnósticos é de 30 a 39 anos, com 14,23 mil infectados. Depois está o grupo com idades entre 40 e 49 anos (11,77 mil) e, então, jovens entre 20 e 29 anos, com 9,95 mil doentes.

Além disso, o levantamento da secretaria aponta que Ceilândia prossegue como a cidade com mais testes positivos da covid-19: são 6.835 moradores locais contaminados. Em segundo está o Plano Piloto (3.671). Samambaia sobe para a terceira colocação, com 3.653 casos e, desse modo, coloca Taguatinga em quarto no ranking (3.629).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação