Cidades

Novos profissionais de saúde são chamados após processo seletivo

Foram convocados 250 profissionais. Mais vagas podem ser abertas conforme a situação da pandemia no DF

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 03/07/2020 20:50
 (foto:  Breno/Esaki Agência Saúde)
(foto: Breno/Esaki Agência Saúde)
Os novos profissionais vão reforçar a linha de frente na luta contra o coronavírusA Secretaria de Saúde publicou no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta sexta-feira (3/7), a convocação dos primeiros candidatos aprovados no processo seletivo simplificado emergencial, aberto para reforçar o combate à covid-19. Foram chamados 250 profissionais de saúde a apresentar os documentos necessários a partir da próxima segunda-feira (6), com prazo até 10 de julho.
O secretário de Saúde, Francisco Araújo, explica que, ao todo, 900 vagas foram autorizadas, que serão preenchidas conforme a situação de emergência e a necessidade da pasta.
Os convocados devem comparecer ao Núcleo de Admissão e Movimentação (Nuam), na sede da Secretaria de Saúde, com toda a documentação exigida no edital de abertura, tanto a original quanto a cópia dos documentos. Devem também apresentar uma declaração de que não acumulam cargo, emprego ou função pública, sob pena de eliminação do processo seletivo.

Na oportunidade, também será feita a avaliação para verificação de fenótipo dos candidatos que se autodeclararam negros ou pardos, conforme a legislação vigente. Uma comissão criada em parceria com a Subsecretaria de Igualdade Racial e Direitos Humanos da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) fará essa identificação.

O atendimento no Nuam é de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e de 14h às 17h. Quem não comparecer no prazo de convocação será eliminado e novos candidatos serão chamados, seguindo a lista de classificação.


Cadastro

O objetivo do processo seletivo é formar um cadastro reserva de profissionais de nível superior e técnico para atuação na prevenção, combate, mitigação e enfrentamento da covid-19. Assim como a triagem e atendimento direto ou indireto aos pacientes confirmados ou suspeitos com a doença, mediante contratação temporária pelo período inicial de seis meses.

O local de exercício das atividades inerentes aos cargos, pelos candidatos contratados, será definido conforme a necessidade da Secretaria de Saúde, podendo, excepcionalmente, ocorrer a realocação dos contratados de acordo com a situação de emergência.

Resultado

O resultado final do processo seletivo simplificado emergencial, com os nomes de todos os candidatos aprovados, foi publicado no DODF de quinta-feira (2/7).
Depois de uma retificação no edital de abertura, a Secretaria de Saúde alterou o prazo de divulgação do resultado final, que foi antecipado do dia 6 para o dia 2 de junho. A medida foi importante para adiantar a vinda dos profissionais de saúde, garantindo o atendimento à população do Distrito Federal. Contudo, vale destacar que a aprovação e classificação dos candidatos inscritos não geram qualquer direito à contratação.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação