Cidades

Advogado que levou tiro de deputado do PSL passa por cirurgia no Base

Defesa de Helvídio Nunes disse que está construindo composição com a defesa do deputado estadual Alexandre Knoploch para esclarecer os fatos

Jaqueline Fonseca
postado em 03/07/2020 21:44
Advogado segue internado no Hospital de BaseO advogado Helvídio Nunes de Barros Neto, 39 anos, segue internado no Hospital de Base do Distrito Federal, após levar um tiro do deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL-RJ). A 1; Delegacia de Polícia (Asa Sul) investiga o caso.

Em entrevista por telefone ao Correio, Helvidio Neto informou estar ;não muito bem;. Já o advogado dele, Thiago Leônidas, disse que o cliente responde dentro do esperado a uma cirurgia no pé e que está sob efeito de remédios, o que pode deixá-lo ;meio grogue;. Segundo informou, o tiro acertou um ligamento e por isso os médicos acreditam que, como sequela do tiro, pode haver um encurtamento de um dos dos dedos.

Questionado sobre a dinâmica do ocorrido ou a relação do advogado com o deputado, o defensor de Helvídio não quis dar detalhes. Disse apenas que as duas partes estão entrando em consenso e farão uma divulgação conjunta. "Estamos conversando entre os advogados para fazer uma composição e esclarecer os fatos." Ele garantiu que, nesse sábado (4/7), poderá dar mais informações. A assessoria do deputado Alexandre Knoploch ainda não confirmou a negociação conjunta com a defesa do avogado baleado.

O deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL/RJ) assumiu ser autor do disparo que atingiu Helvídio na manhã desta sexta-feira (3/7), na 408 Sul. Segundo a nota divulgada pela assessoria do deputado, o parlamentar ;foi vítima de uma agressão covarde, quando saía de um restaurante". "Ao deixar o estabelecimento, recebeu socos pelas costas e foi derrubado no chão. Para paralisar seu agressor, desferiu um tiro em seu pé. De acordo com o relatado pelo agressor após o incidente, o deputado foi confundido com outra pessoa", continua o texto.
Uma fonte policial ouvida pelo Correio informou que ocorreu uma briga do lado de fora do bar onde eles estavam, e, durante a discussão, a Helvídio chegou a dar um soco no rosto do deputado. Em seguida, Alexandre Knoploch disparou no pé do advogado.
Nas redes sociais, tanto o deputado Alexandre Knoploch quanto Helvídio Neto publicam fotos com a camisa do Flamengo, time que voltou aos gramados na noite anterior ao incidente. Alexandre Knoploch é secretário-geral do PSL-RJ. A assessoria de comunicação do parlamentar garantiu que ele tem porte de arma.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação