Cidades

Ministério da Justiça promove leilão de bens apreendidos em operações no DF

O evento será realizado em 15 de julho, às 10h30, on-line, e tem o apoio da Comissão Permanente de Alienação da Polícia Civil do DF

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 04/07/2020 15:42
Para a aquisição dos lotes de sucata veicular será necessária a comprovação, pela empresa arrematante, do ramo do comércio de peças usadasA Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad) do Ministério de Justiça e Segurança Pública
realizará um leilão de bens diversos apreendidos em operação de combate às drogas no Distrito Federal e pertencentes ao Fundo Nacional Antidrogas (Funad). O evento será virtual, em 15 de julho, às 10h30, e tem o apoio da Comissão Permanente de Alienação da Polícia Civil do DF(CPA/PCDF).
São 85 lotes, contendo 51 veículos e aproximadamente 120 bens diversos, como celulares, alto falantes e amplificadores. A modalidade do leilão será on-line por meio do site www.leilomaster.com.br. Fotos e descrição de todos os bens a serem leiloados já podem ser conferidos no portal.
Para a aquisição dos lotes de sucata veicular será necessária a comprovação, pela empresa arrematante, do ramo do comércio de peças usadas. De acordo com o edital, os bens relacionados serão leiloados nas condições em que se encontram, e sem garantia, não cabendo à leiloeira e à comitente vendedora a responsabilidade por qualquer problema ou defeito que venha a ser constatado posteriormente.
Devido à pandemia da covid-19, a exposição dos bens para visitação pelos interessados obedecerá uma nova sistemática. Os veículos poderão ser visitados em 10, 13 e 14 de julho, com protocolo de visitação controlada, no pátio da Leilomaster, na QS 09 Rua 100 lt. 15/17, em Taguatinga. Bens diversos poderão ser visualizados apenas no site onde ocorrerá o leilão.
O edital pode ser consultado no portal do Ministério da Justiça. Mais informações poderão ser obtidas com a Comissão Permanente de Alienação da Polícia Civil pelo telefone (61) 3207-4940.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação