Publicidade

Correio Braziliense

Tempero, pimenta e maconha: PM frustra entrega de produtos em penitenciária

Segundo corporação, tentativa de entrega de mercadorias no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) se tornou constante. Em menos de 10 horas, PM impediu duas ações diferentes


postado em 05/07/2020 18:20 / atualizado em 05/07/2020 18:26

Tentativa de tráfico para detentos virou rotina, com PM frustrando planos de entrega(foto: Divulgação/PMDF)
Tentativa de tráfico para detentos virou rotina, com PM frustrando planos de entrega (foto: Divulgação/PMDF)
Frascos de pimenta, temperos diversos e drogas como maconha e cocaína foram alguns dos produtos encontrados pela Polícia Militar com adolescentes nas proximidades do Centro de Progressão Penitenciária (CPP). Os envolvidos tentavam passar as mercadorias diversas para internos do centro, mas tiveram a ação frustrada pelos policiais.

O caso aconteceu na tarde do último sábado (4/7), quando a PM flagrou dois adolescentes, de 16 anos, na entrada do Trecho 1 do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Eles estavam dentro de um carro em atitude suspeita e demonstraram nervosismo com a abordagem. 

Os militares encontraram com eles uma mochila, dois tabletes de maconha, cinco porções de cocaína, uma garrafa de lança-perfume, várias porções de fumo, pimenta, temperos, chips, celulares e remédio, entre outros produtos. Os suspeitos disseram que haviam recebido R$ 300,00 para levar a mochila ao CPP e jogar por cima do muro da penitenciária.

Casos comum

O ato infracional dos adolescentes se tornou caso comum no local, segundo a PM. Poucas horas depois daquela abordagem, no começo da madrugada deste domingo (5/7), três homens foram presos por tráfico de drogas na tentativa da mesma ação. Um homem foi avistado com uma sacola preta, andando entre árvores do local, e correu na direção de um carro que dava cobertura ao encontrar os policiais.
 
 
 
Uma perseguição começou no Trecho 4 do SIA. Viaturas da PM alcançaram o veículo no Eixo Monumental, na altura da Igreja Rainha da Paz. Motorista e passageiro ainda tentaram fugir a pé, mas foram detidos. Com eles, os militares acharam porções de maconha, mais de mil reais em dinheiro e um celular.

A sacola preta também foi encontrada, próxima ao CPP, com vários cabos, fones de ouvido, carregadores de celular, uma grande quantidade de maconha, pequenas porções de ecstasy, cocaína e pacotes de tabaco. “O passageiro assumiu a posse da sacola, dizendo que uma mulher desconhecida pagou R$ 1.000,00 para que ele jogasse o conteúdo da sacola dentro do CPP, e alegou que seus companheiros não tinham ciência do teor da sacola, nem de suas intenções”, divulgou a PMDF, em nota. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade