Cidades

Covid-19: DF tem recorde de diagnósticos em 24h e passa dos 60 mil casos

Agora, a quantidade de infectados subiu para 60.383 e a de mortos, para 662

Walder Galvão
postado em 06/07/2020 19:30
 (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
Apesar da quantidade de diagnosticados e mortos, há 47.347 pessoas recuperadas da covid-19 no Distrito FederalO Distrito Federal registrou a maior quantidade de diagnósticos do novo coronavírus em 24 horas. Apenas nesta segunda-feira (6/7), 2.259 pessoas testaram positivo para a covid-19. Além disso, a Secretaria de Saúde contabilizou mais 26 mortes provocadas pela doença. Agora, a quantidade de infectados subiu para 60.383 e a de mortos, para 662.
Entre os infectados, há 47.347 pessoas recuperadas da covid-19 no Distrito Federal. Por isso, 12.310 casos são considerados ativos na capital. Entretanto, a Secretaria de Saúde parou de disponibilizar no site o quadro clínico dos pacientes.
Das novas vítimas, todas tinham mais de 40 anos e a maioria eram idosos. As regiões administrativas que mais registraram mortes foram Ceilândia (7) e Plano Piloto (4). Dos óbitos, sete não tinham comorbidades.
Com 7.711 casos, Ceilândia é a região administrativa de maior incidência do novo coronavírus. Em seguida, está Samambaia, com 4,2 mil diagnosticados, e o Plano Piloto, que soma 4.174 notificações da doença.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação