Cidades

PCDF tenta achar mãe de bebê encontrado no esgoto

Investigadores vão analisar dados de redes hospitalares e da tubulação do esgoto no qual a criança foi encontrada

Samara Schwingel
postado em 07/07/2020 14:45
Polícia vai solicitar à Caesb informações sobre a rede de esgoto para investigar a morte do bebêA 6; Delegacia de Polícia irá analisar dados das redes hospitalares para encontrar os possíveis responsáveis pela criança que foi achada morta no esgoto nesta segunda-feira (6/7) no Paranoá. Os investigadores buscam por mães que tenham dado a luz em período compatível com a idade do bebê, que será revelada após perícia do Instituto Médico Legal (IML).

Além disso, a delegada da 6;DP, Jane Klébia, afirma que irão solicitar à Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) uma lista dos lotes que utilizam a tubulação da rede na qual estava o corpo da criança. "Juntando as informações será possível identificar a autoria do fato", diz.

O corpo foi encaminhado ao IML para análise. O que se sabe, até o momento, é que se trata de um bebê do sexo masculino. Os investigadores ainda aguardam definição da idade da criança.

Relembre o caso

Servidores da Caesb acionaram a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros ao encontrarem o corpo de um bebê boiando na estação de bombeamento, no Paranoá, próximo à horta comunitária do Itapoã.

Por meio de nota a companhia informou que as equipes faziam retirada do lixo no poço quando encontraram o corpo.;A Companhia ressalta que não houve registro de crime ocorrido nas dependências da empresa e que o local recebe os dejetos de toda a região do Itapoã, não sendo possível à Caesb precisar o local em que o feto foi jogado;, diz a nota.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação