Cidades

Coronavírus: DF tem 664 pacientes em UTI; taxa de ocupação chega a 81%

Levantamento da Secretaria de Saúde mostra que 81% dos leitos da capital estão ocupados

Walder Galvão
postado em 07/07/2020 14:35
 (foto: Davidyson Damasceno/ASCOM IGESDF)
(foto: Davidyson Damasceno/ASCOM IGESDF)
Ao todo, a capital tem 61.104 infectados e 681 mortes provocadas pela doençaCom o avanço do novo coronavírus no Distrito Federal, a procura por unidades de saúde aumenta. Levantamento mais recente da Secretaria de Saúde, divulgado às 11h35 desta terça-feira (7/7), mostra que 664 pacientes diagnosticados com a covid-19, somando a rede pública e privada, estão em unidades de terapia intensiva (UTI). Ao todo, a capital tem 61.104 infectados e 681 mortes provocadas pela doença.
Monitoramento da pasta mostra que, ao todo, o Distrito Federal tem 813 vagas de UTI. Com a quantidade de pacientes internados, a taxa de ocupação está em 81%. Na rede privada, o sistema encontra-se próximo ao colapso: 94,32% dos leitos estão ocupados. No total, são 216 hospitalizados e 233 vagas.
[SAIBAMAIS]Na rede pública, 74% da UTI está ocupada. O sistema conta com 580 leitos e, atualmente, são 431 pacientes internados. Para desafogar a demanda hospitalar, a Secretaria de Saúde trabalha para habilitar mais leitos na capital.
A pasta garantiu que o Hospital de Campanha de Ceilândia está em construção. A unidade terá 60 leitos, sendo 20 com suporte respiratório e 40 de enfermaria. Além disso, será entregue uma unidade de saúde acoplada ao Hospital Regional de Ceilândia, que contará com 73 leitos: 70 de enfermaria e três com suporte ventilatório.
Outra unidade que dará reforço ao atendimento da capital é o Hospital de Campanha do Complexo Penitenciário da Papuda. Serão 40 leitos, sendo 10 com suporte avançado e 30 de enfermaria.

Incidência

Nesta terça, a capital contabilizou mais 19 mortes pela covid-19 e 721 casos confirmados. Considerando as demais 65 vítimas, que eram moradores de outros estados da Federação, mas que receberam tratamento na rede de saúde da capital, o número de pessoas que perderam a vida por causa da pandemia sobe para 746.
Ainda, o balanço da Secretaria de Saúde aponta que Ceilândia continua como a região administrativa com mais resultados positivos de covid-19. São 7.774 moradores locais com a doença. Em segundo lugar aparece a área do Plano Piloto, com 4.260 infectados. Samambaia aparece na terceira posição, com 4.235 pessoas contaminadas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação